Jundiaí

Comerciantes do Centro pedem mais policiamento até o fim do ano


2014-10-09_22-42-56_1
Crédito: Reprodução/Internet

De olho no aumento do fluxo de consumidores devido à proximidade com o final do ano lojistas já começam a cobrar mais efetivo das policias Militar e Civil, bem como da Guarda Municipal, no Centro e nos bairros de Jundiaí. De acordo com comerciantes, nos últimos meses houve queda sensível no número de furtos, roubos e outros incidentes.

Ainda assim pedem mais efetivo e mais câmeras de monitoramento, com receio do aumento do movimento. A sensação de segurança é resultado da instalação da Base da Guarda Municipal, ao lado da Igreja Nossa Senhora do Desterro, bem como do aumento das patrulhas da Polícia Militar e GM pelas ruas e avenidas centrais. A mesma análise é feita pela GM.

A base da GM funciona 24 horas por dia. São cinco guardas em patrulhamento pelas ruas e cinco de plantão dentro do contêiner. Além disso, existem as patrulhas da 2ª Cia do 11º Batalhão de Polícia Militar do Interior, que atuam com a Ronda com Apoio de Motocicletas, com bicicletas, carros e a pé. A PM também tem sentido a queda nas ocorrências, mas ainda não divulgou estatísticas.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta sexta-feira (10) ou faça uma assinatura digital.


Notícias relevantes: