Jundiaí

Comerciantes se queixam de interrupções de energia

T_COMERCIO_29
Crédito: Reprodução/Internet
Pelo segundo dia consecutivo, os comerciantes e proprietários de imóveis em algumas ruas do Centro tiveram um entrave logo no início do expediente: a falta de energia elétrica devido a interrupção do fornecimento sem um aviso prévio por parte da concessionária CPFL Piratininga. A crediarista de um loja de de móveis, Adriana da Silva Pirola, alega a queda de energia aconteceu por várias vezes em dois dias. “Foi logo pela manhã quando chegamos. Ficamos por um período sem energia, mas um tempo depois os técnicos chegaram para fazer os devidos reparos”, alega. O gerente de uma loja de utensílios, Ivan Carvalho, alega que seu estabelecimento não foi afetado diretamente, mas percebeu a movimentação estranha por parte de algumas lojas vizinhas. “Por sorte, apenas o lado esquerdo da rua ficou sem energia elétrica e a nossa outra unidade possui um gerador, então conseguimos manter o funcionamento", explica ele ao mencionar que sua loja fica na rua Barão de Jundiaí. Em nota, a CPFL Piratininga explicou que na segunda-feira (27), o desligamento foi necessário para a realização de uma manutenção na rede subterrânea localizada na rua Engenheiro Monlevade, em razão do furto dos fios de energia elétrica. Já nesta terça-feira (28) a interrupção foi necessária para a realização de manutenções no trecho da Barão de Jundiaí. Segundo a empresa, a energia foi restabelecida para todos os clientes da área central na tarde de ontem. CLIENTES RESIDENCIAIS Após o término do prazo determinado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para a suspensão do corte de energia de clientes residenciais, rurais e de atividades consideradas essenciais, as distribuidoras de energia voltam a ter possibilidade de interromper o fornecimento por falta de pagamento em todo o território nacional, com exceção dos clientes cadastrados na Tarifa Social (Baixa Renda), que estão isentos de corte de energia por inadimplência até o final do ano. A data para retomada dos cortes determinado pela ANEEL é 1º de agosto, sendo o primeiro dia útil para início dessa atividade, dia 3 de agosto.

Notícias relevantes: