Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comitê das Crianças pede mais segurança no trânsito de Jundiaí

Da Redação | 19/01/2020 | 10:00

Não é somente adulto que pensa sobre segurança no trânsito. Entre as solicitações descritas em documento entregue em 12 de dezembro de 2019 para o prefeito Luiz Fernando Machado, redigido pelos integrantes do Comitê das Crianças, estava a solicitação de instalação de radar de velocidade em frente de escolas para a maior segurança dos estudantes. O pedido está entre as ações da Prefeitura de Jundiaí, direcionadas para a melhoria de segurança no trânsito, que conte, entre outros dispositivos, com a instalação dos radares.

“Uma das coisas que os radares ajudam é na redução da velocidade dos motoristas em frente das escolas, trazendo segurança para as crianças. Na minha antiga escola, Emeb Oscar Augusto Guelli, antes dos radares, os motoristas abusavam da velocidade e traziam insegurança para as mães e os alunos que poderiam ser atropeladas ao atravessar a rua. Agora com o radar, os motoristas respeitam o limite de velocidade. O Comitê das Crianças se reuniu durante um ano para conversar sobre o que é importante para nós. A segurança nossa e de toda a cidade é muito importante”, comenta o Gabriel Lima, 10 anos, um dos integrantes do grupo.

A mãe do garoto, Lídia Lima, explica que o filho é muito observador. “Gabriel é muito atento ao trânsito, presta atenção em tudo e tem medo. Essa é uma geração mais preocupada com os demais. Fico feliz em saber disso”, comemora a dona de casa.

O Comitê, – órgão consultivo composto por 28 crianças, eleitas por sorteio, de todas as regiões do Município – faz parte do programa “Cidade das Crianças” e integra as diretrizes da Rede Latino Americana – Projeto Cidade das Crianças, à qual Jundiaí aderiu em outubro de 2018, como primeira cidade do Estado.

O medo do garoto é justificado. No ano de 2019, de acordo com dados do Infosiga, do Governo do Estado de São Paulo, entre os meses de janeiro a novembro, Jundiaí registrou 57 mortes decorrentes de acidentes de trânsito, sendo 61% das ocorrências registradas entre segunda a sexta-feira, dias letivos para a educação.

Ações

A solicitação foi recebida pelo prefeito Luiz Fernando Machado como um alerta. “Com o pedido de redução da velocidade dos carros, identifico as nossas falhas enquanto adultos e como devemos repensar a sociedade”, declarou o prefeito na ocasião. A inserção dos radares na cidade é uma das medidas previstas para evitar acidentes e mortes. Somente no ano de 2019, a Jundiaí ficou na segunda colocação entre as cidades paulistas com maior número de colisões em postes de energia, com média de um poste por dia derrubado por conta de acidentes.

Para o gestor da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), Marcelo Peroni, que acompanhou as reuniões do grupo, as demandas apontadas pelo grupo e que foram armazenadas na ‘cápsula do tempo’ que será enterrada no parque ‘Mundo da Crianças’, apontam consciência social. “Apontar a necessidade de radares, da segurança da coletividade, aponta o senso de responsabilidade desenvolvido por essa geração. Eles ainda indicaram outras necessidades, mas sempre com ênfase na Educação, na segurança e no desenvolvimento não só das crianças, como da sociedade”, analisa.

O gestor da Unidade de Mobilidade e Transporte (UGMT), Silvestre Ribeiro, explica que a instalação de dispositivos de redução de velocidade com objetivo de segurança no trânsito atendem normas do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). “Existem os radares, as lombofaixas, lombadas e sistema semafórico que também compõem o sistema de segurança para o motorista e para o pedestre no trânsito. Cada um é instalado conforme as especificações técnicas determinantes”, detalha.


Leia mais sobre | |
Da Redação
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/comite-das-criancas-pede-mais-seguranca-no-transito-de-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN