Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Como o Papai Noel entra no clima e garante renda no Natal

Vinícius Scarton | 09/12/2018 | 08:39

O Natal é tempo de união, esperança e amor, mas também de trabalho para pessoas que encarnam os principais personagens da data: o Papai Noel e sua trupe.

Tanto o Maxi Shopping Jundiaí quanto o Jundiaí Shopping apostaram mais uma vez em uma linda decoração, tendo esta figura central como elo entre as crianças e o ícone imaginário de todos os tempos.

Como há vários anos, pessoas que, no passado, trabalharam em outras atividades, hoje aposentadas se dedicam a levar alegria para as crianças e até adultos (por que não?) nesta época do ano.

Importância do sorriso das crianças

“Representar o Papai Noel é uma alegria. Tenho um imenso amor pelo que faço”. Assim define Aristides Pretti, o Bom Velhinho do Maxi Shopping Jundiaí.

O jundiaiense de 63 anos é morador do bairro da Colônia, casado há 40 anos com Marília Bernardi Pretti, com quem tem três filhos e cinco netos.

A trajetória profissional foi construída ao longo de 25 anos, quando atuou como metalúrgico. “No entanto, a minha história ganhou novas páginas a partir de 2004, quando me tornei Papai Noel”, recorda.

Somente no Maxi Shopping Jundiaí já se passaram 13 anos de serviços prestados e Aristides destaca a sua satisfação. “Em todos os aspectos trabalhar por aqui é muito bom, mas principalmente ver o sorriso das crianças”, comenta.

Já sobre o lado financeiro, Aristides costuma fazer uma brincadeira. “Antigamente, na época do Natal comprava aquele peru menor. Agora, compro o maior”, descreve com bom humor.
Na companhia da esposa Marília, que também trabalha como Mamãe Noel no Maxi Shopping Jundiaí, Aristides tem um enorme cuidado com a roupa, adereços e a barba. “Afinal, as crianças esperam uma caracterização mais realista possível”, explica.

O trabalho deste ano teve início no dia 26 de outubro e segue até 24 de dezembro. “Será um prazer receber a visita de todos neste Natal”, destaca Aristides.

Carinho até para deixar a barba crescer

“Conviver com as crianças é muito gratificante. Essa experiência em minha vida é um verdadeiro orgulho”. Foram essas as palavras de Braz Pinheiro da Silva, de 69 anos, ao resumir o que representa o trabalho de seis anos consecutivos no Jundiaí Shopping, atuando como Papai Noel.

Assim como o Papai Noel do Maxi Shopping, Braz também trilhou sua carreira no segmento metalúrgico, por aproximadamente 25 anos. “E o atual momento é diferente, mas de muita satisfação”, detalha.

Questionado como é manter a aparência de Papai Noel, Braz, que reside na Vila Nambi fez questão de lembrar da esposa Neide Aparecida Fatore da Silva, com quem tem dois filhos e dois netos. “Olha vou ser sincero, no começo a minha esposa estranhava bastante o tamanho da minha barba, mas agora já se acostumou. Trata-se de uma importante atribuição do meu trabalho”, comenta.

Braz também cita a questão financeira ao aceitar o convite para trabalhar no Jundiaí Shopping. “Esse dinheirinho que entra é muito bom, principalmente no fim do ano”, afirma.

Neste ano, as atividades do Papai Noel do Jundiaí Shopping começaram no dia 15 de novembro e terão sequência até a véspera de Natal, 24 de dezembro. “Por isso sempre destaco a seguinte frase: não há prazer maior do que transmitir alegria para às crianças”, conclui.

 

 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/como-o-papai-noel-entra-no-clima-e-garante-renda-no-natal-3/
Desenvolvido por CIJUN