Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comunidade transforma praça na Vila Rio Branco

Thiago Avallone | 10/10/2019 | 05:01

O projeto ‘Cidades Inteligentes’ chegou a Jundiaí na terça-feira (8), mais especificamente na Praça Pedro Garcia Lopes, na Vila Rio Branco, com objetivo de mobilizar a comunidade local para a transformação do espaço público por meio da arte e da sustentabilidade.

A ação, que vai até amanhã (11), reúne jovens da região para ciclos de oficinas gratuitas despertando para a importância de conservar um espaço que é de todos.  Com as oficinas, a proposta é levar conhecimento aos jovens, para que eles, futuramente, possam desenvolver empreendimentos com base nesse aprendizado.
Até amanhã, os ‘oficineiros’ vão reunir jovens de 12 a 18 anos da região e alunos da Escola Estadual Professora Ana Pinto Duarte Paes, da Ponte São João, para ciclo de oficinas gratuitas.

O assistente de produção e produtor do projeto, Gabriel Oliveira, de anos 32 anos, explica que, no primeiro dia, a equipe passa para as crianças toda a parte teórica do projeto. Na sequência, o aprendizado é na prática.

“Na terça-feira eles tiveram uma parte teórica sobre o projeto e como são as oficinas. Até sexta-feira (amanhã) vão fazer as oficinas na prática, que são dividias em três áreas: grafite e pintura, design de paisagismo e design de mobiliário”, explica.

O artista plástico responsável pelo grafite na praça, André Oliveira, comenta a importância do projeto para a região e para as crianças. “É legal, pois vai criando uma consciência de interação com o espaço público e aproximando a criança da arte.”

A oficina de design de mobiliário capacitará os participantes para elaborar um plano de transformação urbana a partir de novos móveis e estruturas em madeiras e materiais recicláveis.

Já a oficina de design paisagístico privilegiará a dimensão sustentável da construção de áreas verdes com diferentes espécies de plantas, utilizando o paisagismo como ferramenta transformadora de espaços.
Os alunos Henrique Machado, Pietro Cunha e Adriel Lopes, ambos de 12 anos, revelaram a alegria pela oportunidade de participar do projeto.

“A gente pode vir aqui pra fora da sala, aprender a plantar, pintar nas paredes da praça, é tudo muito legal”, disse Adriel.

De acordo com um dos idealizadores do projeto, Lucas Silveira, de 32 anos, hoje as escolas preparam os alunos para prestar vestibular, para que sejam capacitados tecnicamente, mas acabam deixando a desejar na questão artística e criativa, e o projeto também tem a intenção de trazer isso de volta para as crianças.

“A grande maioria das competências do futuro não estão envolvidas com as que estão no vestibular. Tem uma parte de criatividade, uma parte humana e outras competências que a arte desenvolve que são cada vez mais cotadas dentro das maiores empresas no mundo”, afirma o gerente de projetos.

Após o termino da revitalização, amanhã, a produtora fará evento para a reinauguração da praça, às 15 horas, no sábado com atrações culturais.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/comunidade-transforma-praca-na-vila-rio-branco/
Desenvolvido por CIJUN