Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Conferência discute propostas para proteção e enfrentamento a violências

DA REDAÇÃO | 14/11/2018 | 12:01

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) deu início na manhã desta terça-feira (13) à 11ª Conferência Municipal, cujo tema é “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento às Violências”. Cerca de 120 delegados, convidados e observadores da rede de garantia de direitos, das Unidades de Gestão da Prefeitura, conselhos tutelares e da sociedade civil seguem no evento realizado no auditório Elis Regina do complexo Argos para discutir propostas que serão em seguida encaminhadas para as conferências regional, estadual e nacional do tema.

Representando o prefeito Luiz Fernando Machado, a gestora da Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), Nádia Taffarello Soares, apontou a importância de que as propostas sejam discutidas à luz da realidade orçamentária. “Minha experiência no sistema de garantias de direitos e na gestão pública me indicam a necessidade de se discutir cada proposta de política pública sempre de modo objetivo e considerando o orçamento. O que garanto é que as propostas que surgirem deste encontro terão sonoridade na assistência social do Município”.

A presidente do CMDCA, Alda Maria Carrara, destacou a magnitude da Conferência. “Este é um momento muito aguardado, porque pensa a garantia de direitos daqueles que devem ser prioridade absoluta. O resultado das nossas conversas serão as vozes das crianças e dos adolescentes gritando pelos direitos que ainda não foram conquistados. Que as nossas ações sejam valiosas e implantadas já a partir do encerramento da Conferência.”

A abertura da Conferência contou com a apresentação musical do coral infantil do Colégio Santa Felicidade. Em seguida, foram apresentados e avaliados os cumprimentos das propostas da 10ª Conferência. Após a leitura do regimento interno, os participantes acompanharam a palestra do advogado Ariel de Castro Alves, integrante de entidades ligadas à defesa de direitos da Criança e do Adolescente.

A programação da Conferência segue até esta quarta-feira (14), com os trabalhos em grupos sobre cinco eixos temáticos, formulação de respostas, deliberação das propostas e apresentação e Eleição dos Delegados para as demais etapas da Conferência.

As jovens Maria Eduarda Lima e Thayná Silva, de 12 anos, são moradoras do Almerinda Chaves e representaram a Cáritas Diocesana, entidade que frequentam no contraturno escolar. Para Eduarda, “a importância do evento está em dar voz aos adolescentes, que são o tema do encontro e, portanto, devem ser ouvidas”. Já para Thayná, “é muito bom ser protagonista na discussão de propostas que melhoram as vidas das crianças e adolescentes”, comemora.

Também participaram da abertura desta terça-feira (13) o gestor da Unidade de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera; representantes das Unidades de Gestão de Educação e da Casa Civil; a promotora da Infância e Juventude, drª Ana Beatriz Vieira; o vereador Cristiano Lopes, que representou a Câmara Municipal.

Foto: PMJ

Foto: PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/conferencia-discute-propostas-para-protecao-e-enfrentamento-a-violencias/
Desenvolvido por CIJUN