Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Convênios Federais aumentam mais de três vezes em Jundiaí

BÁRBARA MANGIERI - bmangieri@jj.com.br | 09/03/2018 | 05:00

Os repasses de verbas federais mais do que triplicaram de 2017 para 2016. No ano passado, foram assinados seis convênios com a União, que somam quase R$ 2.5 milhões. A título de comparação, apenas dois foram firmados no último ano da gestão de Pedro Bigardi na prefeitura, que somaram R$ 738.9 mil. A diferença gritante entre os valores se dá pela aquisição de três convênios firmados para a implantação de Ecopontos nas regiões leste, oeste e sul da cidade. Juntos, eles representam R$ 1,578 milhão, ou 64% de toda a verba repassada em 2017. O gestor da Unidade da Casa Civil, Gustavo Maryssael de Campos, explica a importância do alto investimento em Ecopontos. “Todos eles estão localizados em regiões extremamente estratégicas da cidade, pois são vetores de crescimento”, afirma.

100318politica-01

Outro convênio recebido em 2017 foi destinado à reabilitação de área pública na rua Carlos Veiga, no Eloy Chaves, no valor de R$ 245,8 mil. Os valores empenhados para estes programas já foram liberados pela Caixa Econômica Feredal, mas outros dois repasses de 2017 ainda estão pendentes. Entre eles está o de R$ 292,5 mil para a construção de uma pista de skate na Vila Comercial, verba conquistada por emenda parlamentar pelo deputado federal Miguel Haddad (PSDB).

“Falta apresentar o projeto à Caixa para que o banco libere o valor”, diz Gustavo. Um outro convênio, no valor de R$ 350 mil, também está para chegar. “Será usado para a aquisição de duas vans para o Centro Pop e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)”. Essa última verba veio através de proposta voluntária, ou seja, o próprio município identificou que um ministério estava disponibilizando verba e inscreveu um projeto para recebê-la, justificando os gastos. Para o gestor, foi essa iniciativa que resultou numa conquista tão grande de convênios. “Fazemos uma varredura diária no Siconv, portal de convênios da União”, explica.

Mais dinheiro à vista
Segundo Gustavo, outros dois convênios já foram pré-aprovados este ano. “Cerca de R$ 100 mil virão do Ministério dos Esportes para a implantação do programa “Brincando com Esporte”, que define atividades para trabalhar com crianças durante as férias escolares”, diz. Outro, no valor de R$ 50 milhões, será distribuído pelo Ministério das Cidades para a mobilidade urbana de Jundiaí e outras localidades. “O dinheiro pode ser usado para melhorar a infraestrutura do transporte coletivo, ampliar seu alcance ou criar abrigos de transporte”, explica.

Futuro
A recente criação do Ministério da Segurança Pública pelo presidente Michel Temer (MDB) também promete mais verbas municipais. “A informação que temos é que o ministério criado veio com uma dotação orçamentária grande”, diz Gustavo. Por isso, a prefeitura já está desenvolvendo diversos programas na área de segurança pública para conquistar novos convênios a serem liberados pelo órgão recém-criado. “Este será nosso foco no segundo semestre, quando pudermos solicitar verbas novamente”, diz Gustavo. Os municípios ficam proibidos de se inscrever em convênios entre maio e novembro, por conta das eleições. “Pretendemos ampliar o alcance das câmeras de monitoramento e a frota de veículos da Guarda Municipal, além de adquirir equipamentos para a GM”. Convênios de saúde e mobilidade também estão na mira da Prefeitura de Jundiaí, caso sejam abertos.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/convenios-federais-aumentam-mais-de-tres-vezes-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN