Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

CTRL + Play chega a Jundiaí nesta segunda (29)

Publieditorial | 29/07/2019 | 08:00

 “Toda criança deve aprender a programar”. A fala, feita pelo então presidente dos EUA Barack Obama, foi para reforçar a importância da programação na rotina de jovens americanos. Esta é uma afirmação comum também no meio acadêmico.

No entanto, alguns pais não compreendem esta declaração muitos acreditam que é um exagero esse tipo de proposta de ensino para pessoas tão novas. Mas, na verdade, a linguagem de programação pode estimular vários processos do desenvolvimento cognitivo da criança e até prepará-la para o mercado de trabalho.

Entenda alguns dos motivos:

A programação ensina conceitos matemáticos complexos

Por que esperar seu filho chegar à universidade, apenas aos 18 anos, para ensinar a ele conceitos matemáticos mais complexos? Quando a criança aprende os primeiros conceitos de programação desde pequena, ela desenvolve melhor o raciocínio lógico e outras linguagens matemáticas, além de ter mais facilidade para aprender conceitos que serão vistos na vida adulta e acadêmica.

Além disso, quando a criança aprende a programar, ela também aprende a pensar de forma mais objetiva. Com a organização de letras e números em algoritmos, o pequeno estudante entende como articular diretamente estratégias para encontrar determinados resultados. Isso vale tanto para saber como começar a organizar o próprio quarto e até mesmo para criar linguagem de programação.

 A programação prepara para o mercado de trabalho

Com o avanço do uso de computadores e sistemas operacionais, seja nas empresas privadas ou nas repartições públicas, dominar a linguagem de programação é um grande diferencial no mercado de trabalho. E isso não se restringe às áreas que tradicionalmente usam a programação, como Tecnologia da Informação e Matemática.

Hoje em dia os que sabem programar conquistam um grande diferencial em diversas áreas. Por exemplo, médicos que sabem programar conseguem utilizar e controlar ferramentas de diagnósticos de forma mais efetiva. E se antes eles precisavam da ajuda de um técnico para exibir um determinado resultado, hoje, vemos muitos médicos querendo aprender programação para serem mais independentes em suas carreiras.

Neste contexto, uma criança que aprende programar já se prepara para as profissões do futuro que se articulam em linguagens de programação. Ela vai ter mais condições de se articular melhor em um mundo cada vez mais digitalizado e utiliza a programação como mais uma ferramenta de trabalho.

A programação empodera as crianças por meio da tecnologia

A programação ajuda as pessoas a serem cidadãos ativos, e a fluência na linguagem digital é tão importante quanto a fluência em quaisquer outras línguas. Assim, ela auxilia a interpretar, fazer perguntas e dar respostas aos problemas não somente sobre o mundo virtual, mas também do nosso cotidiano.

É também uma maneira de tornar as nossas crianças cidadãos menos alienados em um ambiente cada vez mais dominado pela internet. Neste sentido, crianças que sabem programar são mais capazes de propor soluções na sociedade, e, portanto, elas não serão apenas consumidoras da tecnologia.

Está convencido da importância da programação para seu filho? Uma outra maneira que os pais podem utilizar para estimular esse tipo de aprendizado é orientando melhor o uso da internet pelas crianças. Mostre para a criança que a internet pode ser usada para fazer pesquisas interessantes e até para criar jogos, por exemplo. Isso a incentivará ainda mais!

SERVIÇO

Gostou dessas informações? A cidade de Jundiaí acabou de receber uma das maiores escolas de programação e robótica do Brasil: Ctrl+Play. A unidade está na Av. Benedito C. de Andrade, 658   (ANDAR 1) – Parque Res. Eloy Chaves. Informações pelo telefone (11) 3964-0016 e celular (11) 97315-4646.  O site da Ctrl+Play é www.ctrlplay.com.br

 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/ctrl-play-chega-a-jundiai-nesta-segunda-29/
Desenvolvido por CIJUN