Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cursos rápidos e workshops são opções de renda

SIMONE DE OLIVEIRA | 11/01/2019 | 05:05

O início do ano é propício para quem deseja se qualificar em alguma área específica ou simplesmente aprimorar seus conhecimentos. Quando as duas possibilidades podem ser unidas a um curso barato, ou até mesmo gratuito, o desejo fica completo. Entre as opções estão os cursos gratuitos do Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí (Funss) tanto para área de beleza, culinária ou artesanato. Alguns são apenas de um dia, facilitando muito a vida de quem pretende aprender algo rápido.

É o caso da artesã Adriana de Fátima Teixeira Luiz, 43 anos, que começa na próxima segunda-feira um curso de comida fit. Na sequência, participa de outro sobre massas e molhos. Ela conta que resolveu fazer os cursos porque pretende oferecer uma comida mais saudável à família. Como tem fibromialgia, Adriana conta que as comidas saudáveis ajudam a amenizar as dores.  “Sempre quis fazer curso de comida fit e quando soube que abriria um workshop fiz logo minha inscrição e, como fui uma das primeiras na fila, consegui a vaga”, conta animada.

Adriana espera que o curso possa ajudá-la futuramente caso deseje utilizar os conhecimentos para uma renda extra. “Eu já fiz um curso de manicure e de chinelos artesanais e tudo que posso fazer para aumentar minha renda, eu faço”, confessa a artesã. A diarista Ilza Helena da Rosa, de 53 anos, também fará o curso de comida fit e de massas e molhos, mas ao contrário da artesã Adriana, ela já aplicará os conhecimentos no trabalho. Atuando em casa de família, ela conta que em alguns casos precisa colocar, literalmente, a mão na massa. “Tem gente que me pergunta se eu sei cozinhar. Eu até faço algumas coisas, mas é sempre bom fazer um curso para aprender mais sobre o assunto, a renda pode aumentar”, espera a diarista.

Os cursos da unidade são abertos periodicamente, mas as inscrições são feitas presencialmente. Hoje (11) serão abertas vagas para o workshop de comida árabe. O curso começa dia 18. Segundo a presidente do Funss, Vanessa Machado, em 2017 a unidade encontrou uma nova vocação, ou seja, a de oferecer qualificação profissional gratuita à população. “Acreditamos que a geração de renda e emprego é a melhor maneira de fortalecer e empoderar as famílias da nossa cidade. É preciso entregar um agasalho para quem sente frio, alimento para quem tem fome ou um brinquedo novo para as crianças no Natal. Mas é essencial oferecer oportunidade de transformação, por isso os nossos esforços estão voltados para promover o protagonismo social”, diz Vanessa.

Aos 35 anos, Paula Maritano já tem um plano futuro: a abertura de um negócio para fornecer comida. O curso de panificação que fez, e agora o de massas e molhos podem ser o começo de um futuro promissor. “Tudo que fizermos para ajudar no nosso aperfeiçoamento vale a pena. Como são cursos rápidos fica sempre fácil fazer mais e o que aparecer”, confessa a moradora do Jardim Tamoio.

Em 2017, o Fundo Social de Solidariedade abriu 2.106 vagas gratuitas. Em 2018, ultrapassou 5 mil vagas. Os candidatos são homens e mulheres que procuram aprender uma nova profissão, atualizar conhecimentos para voltar ao mercado de trabalho ou até mesmo abrir o próprio negócio.

SERVIÇO
Além da comida árabe, ainda há vagas para os cursos de massas e molhos, pão de mel e comida vegetariana. As senhas oficiais para os workshops serão entregues por ordem de chegada entre 13h30 e 16h30 por um funcionário do Funss, e distribuídas até o preenchimento de todas as vagas.

No momento da inscrição é preciso apresentar originais e cópias do RG, CPF e Comprovante de Residência, que necessariamente deve ser o Carnê de IPTU de Jundiaí ou uma conta de água, luz ou telefone em nome do aluno. O Funss fica na avenida Dona Manoela Lacerda de Vergueiro, s/n, portão 03, bairro Anhangabaú.

Rui Carlos

Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/cursos-rapidos-e-workshops-sao-opcoes-de-renda/
Desenvolvido por CIJUN