Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

DAE estuda plano para as barragens

Guilherme Barros | 18/12/2019 | 05:00

A DAE Jundiaí inicia esta semana os estudos para formulação do Plano de Segurança de Barragens, que inclui um cadastro técnico das cinco barragens de Jundiaí e a implantação do Plano de Ação e Emergência (PAE).

A empresa Hydros Engenharia será responsável pelo trabalho, que deve ser concluído em seis meses. As cinco barragens são as represas de Acumulação e a de Captação (localizadas próximo ao Parque da Cidade e à sede da DAE), Moisés (no Jardim Samambaia), Serra do Japi e Rio das Pedras (Eloy Chaves). A primeira a ser avaliada será a de Acumulação.

De acordo com o diretor de Mananciais da DAE, Martim Ribeiro, o plano prevê duas linhas de ações: o monitoramento das estruturas das represas e as medidas de emergência.
“A primeira parte são as adequações que a DAE terá de fazer nas represas, principalmente com relação à instalação de equipamentos de monitoramento na barragem. A segunda será o Plano de Ação e Emergência”, explica.

O PAE será elaborado em conjunto com a Prefeitura e a Defesa Civil e vai mapear as ações em caso de uma possível ruptura ou liberação de ondas de vazão. Entre os tópicos avaliados, estão alcance das áreas inundadas, possíveis danos, sistema de alarme e de comunicação, apoio aos desabrigados e reparos emergenciais.

“Após a conclusão do Plano de Segurança de Barragens, o documento será encaminhado ao DAEE e à Agência Nacional das Águas (ANA), para validação”, complementa Ribeiro. O investimento no estudo é de R$ 450 mil.

 


Leia mais sobre | |
Guilherme Barros
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/dae-estuda-plano-para-as-barragens/
Desenvolvido por CIJUN