Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

DAE garante água mesmo com desabastecimento

| 03/07/2014 | 00:05

A chuva ainda não chegou e a preocupação com o abastecimento de água continua assombrando o Estado de São Paulo, e em Jundiaí não é diferente. “Mas se por acaso houver um desabastecimento por conta da Cantareira, que fornece 3 mil litros/por segundo de água para os consorciados da PCJ (Bacias do Rio Piracicaba, Capivari e Jundiaí), sendo 1,2 mil para Jundiaí, ainda teremos água por três meses para abastecer a cidade”, garante Jamil Yatim, diretor-presidente da DAE.

“Claro que não vamos ficar esperando que isto ocorra e por isso estamos trabalhando para não haver surpresas ou que tenhamos que fazer algum corte no abastecimento”, explica. O consumo de água em Jundiaí é de 1,5 mil litros por segundo e a captação – feita tanto pelo Sistema Cantareira (Rio Atibaia) como pelo Rio Jundiaí-Mirim – equivale exatamente a esta quantidade.

Por conta deste limite, onde não há faltas nem sobras, o município continua investindo em ações para que as represas mantenham sua capacidade de armazenamento. Cerca de 97% da água que abastece o município é proveniente do rio Jundiaí-Mirim, que se forma na divisa com Jarinu (Córrego do Tanque) e Campo Limpo Paulista (Ribeirão do Perdão).


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/dae-garante-agua-mesmo-com-desabastecimento/
Desenvolvido por CIJUN