Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Debea realiza mutirão para castração de 100 gatos

felipe torezim | 12/04/2018 | 18:50

O Departamento do Bem-Estar Animal (Debea) realizou nesta quinta-feira (12), um pequeno mutirão de castração para gatos. Foram atendidos cerca de 100 animais, segundo informações do próprio departamento. A veterinária Carolina Ballarini Zetun, de 33 anos, explicou que a castração é a melhor maneira para o controle geral da população de cães e gatos.

O Debea irá promover uma nova campanha de castração para até 400 animais, mas as datas ainda não foram divulgadas, pois falta a liberação do Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo. “Uma procriação dentro da residência pode aumentar a chance de abandono e uma castração reduz esse risco”, explica a veterinária. “No caso dos gatos, ainda, muitas vezes é difícil manter o animal dentro de casa. Porém, se ele for castrado as saídas diminuem muito, evitando brigas, machucados e atropelamentos”, completa.

Ainda segundo a veterinária, os benefícios se estendem também à saúde, pois minimizam as chances de tumores nas mamas e na próstata. “O ideal é castrar as fêmeas com cinco ou seis meses de vida, e o macho com três”, ressalta Carolina, desmistificando a ideia de que é necessário passar o primeiro cio para realizar o procedimento.

Cuidados
A auxiliar de cozinha Elimar Cristina de Oliveira, de 49 anos, levou o Kenay, de nove meses, para castrar. “Trouxe para evitar doenças. Tenho medo que ele escape de casa e acabe pegando alguma coisa”, contou. Ela lembra que achou Kenay todo machucado na rua de casa e resolveu ajudar. “Nem ia ficar com ele, mas tratei tanto, vi crescer e peguei amor. Aí ficou difícil doar”.

Também em situação de abandono, a dona de casa Valderez Vieira, de 70 anos, encontrou seis gatos. “Abandonaram no meu portão, em uma madrugada chuvosa de dezembro do ano passado. Quando fui ver, estava a mãe e cinco filhotes”, recordou Valderez, que já doou dois felinos e levou quatro para castrar. “Ainda quero doar os filhotes e vou cuidar da mãe, que chama Julie. Mas já quero deixar castrado para evitar outro abandono no futuro.”


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/debea-realiza-mutirao-para-castracao-de-100-gatos/
Desenvolvido por CIJUN