Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dengue registra aumento de 39%

COLABORAÇÃO DE MARIANA CHECONI | 06/04/2019 | 09:00

Os casos de dengue na cidade não param de crescer. Na última semana, 110 novos casos de dengue foram confirmados em Jundiaí, segundo o boletim divulgado ontem pela Vigilância Epidemiológica (VE), órgão ligado à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS). De 1° de janeiro a 5 de abril foram registrados 387 casos positivos. Em comparação com o boletim epidemiológico divulgado na última sexta (29), houve um aumento de 39%.
Desse número, 360 são autóctones, 25 importados e 2 indeterminados. Segundo a UGPS, a maior incidência foi registrada nos bairros Jardim Novo Horizonte, com 138, respondendo por 35,6% dos casos da doença na cidade; seguido por São Camilo, 85, sendo 22%, Vila Aparecida 25 casos, 6,5% e Ponte São João com 21 casos, representando 5,5%. Os demais casos estão pulverizados em diversos bairros cidade. Em relação à chikungunya, há seis casos suspeitos e um ainda aguarda resultado. Não há registros de casos de zika e febre amarela.
Preocupados com o aumento dos casos, alguns moradores estão realizando ações para conscientizar os vizinhos e amigos. Fábio Dionísio, morador do bairro Jardim Florestal, realizará nesse sábado o evento “Comunidade contra a dengue”. “Nós vamos bater de porta em porta para conversar com os moradores sobre a importância de cada um fazer sua parte e não deixar água parada. Assim evitaremos a proliferação do mosquito no bairro”, afirma.
A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), por meio da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) e Vigilância Epidemiológica (VE), disponibiliza semanalmente boletim informativo para acompanhamento de ocorrências das arboviroses dengue, zika, chikungunya e febre amarela durante o período de maior transmissão que é de janeiro a maio.

T_Acao-Zoonoses-Combate-a-Dengue_c_-16


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/dengue-registra-aumento-de-39/
Desenvolvido por CIJUN