Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Desrespeito a vagas de idoso e pessoas com deficiência gera 632 multas em Jundiaí

VINÍCIUS SCARTON - vscarton@jj.com.br | 16/03/2018 | 10:30

O Departamento de Trânsito de Jundiaí realizou 632 autuações em 2017 para o uso indevido das vagas reservadas para idosos e pessoas com deficiência. Na cidade, 241 vagas são destinadas aos idosos. Já para os deficientes são 240. E mesmo com a fiscalização e com a sinalização das vagas, as pessoas com deficiência e idosos seguem com dificuldades para exercer o direito de utilizar as vagas reservadas pelas ruas de Jundiaí. Boanerges Amatuzzi, 80 anos ressaltou que está sempre no Centro e sofre muito para estacionar o seu veículo. “Creio que o maior problema é a falta de respeito por parte dos demais motoristas, que utilizam nossas vagas e não estão preocupados conosco”, diz. Wilson Iotti, 75 anos, tem optado pelo estacionamento particular ao invés de buscar uma vaga nas ruas do Centro. “Tenho feito essa escolha, pois gasto muito tempo atrás de uma vaga que acaba sendo ocupada por motoristas que não são idosos e nem deficientes”, comenta.

Já Sérgio Wagner Silveira, 72, chegou a desistir de buscar uma vaga e perdeu inúmeros compromissos por esse motivo. “Eu passo por essa dificuldade semanalmente. Sofro para estacionar no Centro e nos supermercados. Ninguém respeita nosso direito.” O deficiente físico, Celestino Suursoo fez um desabafo sobre o assunto. “Está faltando sensibilidade e respeito ao próximo. Eu precisei circular três vezes no mesmo local para conseguir exercer o meu direito e estacionar o carro na vaga destinada à pessoas com deficiência física”, conta. Representando o Conselho do Idoso de Jundiaí, o ex-presidente e atual conselheiro, Milton Calvazara lembra que o problema na cidade é antigo. “Enfrentamos essa questão há muito tempo e notamos cada vez mais esse abuso pela cidade, de pessoas ocupando as vagas reservadas de forma inadequada. Pedimos às autoridades que intensifiquem o trabalho de fiscalização.”

Questionado sobre o assunto, o diretor do Departamento de Trânsito de Jundiaí, Wlamir Lopes da Costa afirma que a fiscalização está sendo feita rotineiramente. “Fiscalizamos as vagas e qualquer irregularidade e para aqueles que não respeitam os direitos dos idosos e também das pessoas com deficiência, a infração é considerada gravíssima, o condutor perde 7 pontos na carteira de habilitação e o valor da multa corresponde a R$ 243,97. Além disso, o Controle Operacional do Trânsito está à disposição da população, 24 horas por dia, através do telefone (11) 4521-2594”, diz.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/desrespeito-a-vagas-de-idoso-e-pessoas-com-deficiencia-geram-632-multas-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN