Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dia D intensifica a vacinação contra gripe e alerta sobre os cuidados com a saúde

DA REDAÇÃO | 04/05/2019 | 17:14

Postos de saúde de todo o país estiveram com portas abertas durante todo este sábado (4) para a vacinação contra gripe, dando sequência às ações iniciadas no dia 10 de abril. Em Jundiaí, foram aplicadas mais de cinco mil doses até o dia 28 de abril, tendo como prioridade no atendimento o público-alvo formado por crianças entre 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes (em qualquer período gestacional) e puérperas (até 45 dias após o parto); idosos com 60 anos ou mais (inclusive aqueles que completam a idade até dezembro de 2019); trabalhadores da saúde e alunos dos cursos de saúde; portadores de doenças crônicas não transmissíveis (esses deverão apresentar a prescrição médica com motivo da indicação ou CID – Classificação Internacional de Doenças, para a devida aplicação da vacina), professores e demais profissionais que trabalham em creches, escolas e faculdades.

Segundo a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE), Maria do Carmo Possidente, a dose da vacina contra a gripe demora até 10 dias para imunizar o organismo. “Quanto antes for tomada, mais cedo será a imunização contra a doença. Deixar para depois pode facilitar o risco de contágio, gerar filas, uma vez que outros grupos serão inseridos em breve, conforme definição do Ministério da Saúde. A vacinação prossegue até o dia 31 de maio. Mas é importante que as pessoas se vacinem o quanto antes: isso porque após a vacinação o nosso corpo precisa de 15 dias para desenvolver a imunidade. As temperaturas agora tendem a cair, os ambientes ficam mais fechados, e isso facilita a transmissão.”

Até o final da manhã deste sábado já tinham sido vacinados em Jundiaí: 636 idosos; 14 gestantes; e 326 crianças. Os dados parciais no final do dia de hoje apontam que desde o dia 10 de abril (os dados são cumulativos a partir desta data) foram vacinadas: 10.866 crianças, o que corresponde a 41,02%; gestantes, 1.825 – 41,73%; puérperas, 488 – 67,87%; e idosos, 21.620 – 42,96%. O balanço final será divulgado na próxima segunda-feira (6).

As doses da vacina continuam sendo aplicadas de segunda a sexta-feira, durante o horário de funcionamento dos equipamentos da Atenção Básica; neste sábado (4), o atendimento ocorreu das 8h às 17h na Clínica da Família, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Retiro, Rami, Santa Gertrudes, Caxambu, Tamoio, Aparecida, Anhangabaú, Hortolândia e Rio Branco.

Os cuidados e a prevenção: tudo pela saúde

Além da imunização contra a gripe, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ficaram abertas para oferecer a avaliação preventiva ao câncer bucal: para casos de identificação suspeita, o paciente é encaminhado para o atendimento especializado que realizará exames específicos e o diagnóstico. Até o dia 28 de abril, segundo levantamento da Vigilância Epidemiológica, o município registrava sete notificações suspeitas para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo quatro no aguardo de resultados.

Joel de Oliveira (76) e a esposa Luzia de Armas Oliveira (71), ambos aposentados e moradores no Jardim Ana Maria, consideram muito importante se imunizar: assim o fizeram na UBS Anhangabaú. “Nossa carteira de vacinação está em dia. É preciso se cuidar para evitar uma preocupação no futuro.” O papai Ricardo Kenzo e a mamãe Ana, moradores no parque residencial Eloy Chaves levaram o pequeno Gabriel, de dois anos e 11 meses, para receber a dose da vacina: “é a segunda vez que ele toma, sinto-me mais tranquilo em garantir a sua saúde.”

PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/dia-d-intensifica-a-vacinacao-contra-gripe-e-alerta-sobre-os-cuidados-com-a-saude/
Desenvolvido por CIJUN