Jundiaí

Dia das crianças movimenta lojas do Centro da cidade


T_CRIANCA2
Crédito: Reprodução/Internet
O movimento nas lojas de presentes infantis aumenta em Jundiaí e trás esperança aos comerciantes que esperam vender mais com a chegada das datas festivas até o fim do ano. Durante esta semana, que antecedeu o Dia das Crianças, as lojas constataram maior movimento, o que agradou os responsáveis. Ivan Carvalho, de 59 anos, supervisor de uma rede de lojas de Jundiaí e região, explicou que a expectativa é que nesta semana, juntando com o próprio Dia das Crianças, a loja tenha um aumento de até 6% em vendas de brinquedos. Comparado com a data do ano passado, o supervisor estima que as vendas sejam 8% maiores. “As pessoas acabam deixando para comprar os presentes em cima da hora. A tendência é que amanhã (hoje) a gente ‘estoure’ de vender”, aposta Carvalho. Ane Furquim, gerente de loja de roupas e acessórios para crianças, confirmou a expectativa e prevê aumento de até 30% nas vendas. “O movimento melhorou bastante. Vamos abrir todos os dias, inclusive no feriado. O comércio começou a esquentar por causa do Dia das Crianças. creio que melhorou em torno de 30%”, diz Ane. Além dos comerciantes, quem espera muito por esta data, são as próprias crianças, que lotam as lojas com seus pais em busca dos melhores presentes. Débora Oliveira, de 25 anos, estava com a filha Heloisa, de 2 anos, que sabia muito bem o que queria. apesar de a mãe ainda estar procurando alguma opção. “Ela já achou o que quer. Estamos olhando algumas coisas aqui, mas ela não solta mais a boneca”, revelou a mãe. Além da pequena, Bryan Carvalho, de 6 anos, estava com a sua mãe Bruna, procurando o que ia pegar para ele e para sua irmã mais nova. Bryan não estava dando muita atenção para os ursinhos de pelúcia, o que ele queria mesmo era alguma coisa do Homem-Aranha. “Ainda não comprei os presentes. Vim comprar um para o Bryan e para a irmãzinha mais nova. Os preços estão bons. Vou conseguir levar alguma coisa que eles gostem”, explicou a mãe. O comércio no Centro vai funcionar até as 18 horas de hoje, para melhor atender a todos.

Notícias relevantes: