Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Distribuição de medicações de mandado judicial deve ser transferida para a Argos

MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO | 03/08/2019 | 05:00

A distribuição de medicações de mandado judicial, serviço realizado desde fevereiro no Centro de Distribuição (CD) da Prefeitura de Jundiaí, no Jardim Tulipas, deverá ser transferido para o Complexo Argos, conforme anunciou a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS).

A previsão é de que o novo espaço seja entregue no final do ano. Segundo a UGPS, foi identificado um espaço com 150 metros quadrados, dentro do Complexo Argos, com acessibilidade, estacionamento e atendido pelo transporte público.

O espaço previsto para servir de local para o Centro de Distribuição ainda passará por reformas. Segundo a unidade, este trabalho é necessário para que o serviço seja transferido com tranquilidade e consiga receber a população que, há algum tempo, vem reclamando do local por ser longe da área central e de difícil acesso.

O projeto de reforma ainda está em fase de orçamento para posterior licitação. A previsão é de que o novo espaço seja entregue no final do ano.

Os medicamentos são provenientes de mandado judicial, ou seja, medicação que não integrada à lista do SUS, além de dietas, fraldas e insumos. O ano de 2018 registrou 348 judicializações de medicamentos.

As entregas são feitas de forma programada e agendada com frequência bimestral para a entrega de medicamento e a cada 4 meses para as demais situações.

O CD, no Jardim Tulipas, conta com transporte público (linha 537 – Jardim das Tulipas-Terminal Central via Anhanguera), com parada em frente à entrada do prédio. O local é utilizado para o armazenamento da Central Farmacêutica (medicamentos da Atenção Básica, Psicotrópicos e insumos para Diabetes, Insulinas, Vacinas e insumos, atendendo toda a Rede de Atenção a Saúde/ SUS) e almoxarifado de enfermagem, além da terapia nutricional e entregas de medicamentos de mandados judiciais.


MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/distribuicao-de-medicacoes-de-mandado-judicial-deve-ser-transferida-para-a-argos/
Desenvolvido por CIJUN