Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Durante simpósio sobre patrimônio jundiaiense, grupo visita equipamentos históricos

DA REDAÇÃO | 26/08/2018 | 12:58

Dando continuidade à programação do 6º Simpósio sobre Patrimônio Material e Imaterial de Jundiaí, foi realizado neste sábado (25) a visita técnica a a alguns símbolos históricos da cidade. Sob a coordenação do diretor de Patrimônio Histórico, William Paixão, os participantes visitaram o Complexo Fepasa, a Ponte Torta, a Pinacoteca, o Teatro Polytheama, o Gabinete de Leitura Rui Barbosa, o Solar do Barão e a Catedral Nossa Senhora do Desterro.

Com o tema “Patrimônio, Território e Diversidade Cultural”, o simpósio foi aberto na quinta-feira (23) e este ano integra as ações do Mês do Patrimônio Histórico e Cultural, uma realização do Departamento de Patrimônio Histórico, da Unidade de Gestão de Cultura com a Universidade Paulista (Unip) de Jundiaí e a Faculdade de Tecnologia Deputado Ary Fossen (Fatec Jundiaí).

Neste sábado, os participantes também conferiram a apresentação do Projeto Passaporte Cultural – Guardiões do Patrimônio de Jundiaí. O Passaporte foi lançado no dia 22, na Sala dos Relógios do Complexo Fepasa, e entregue inicialmente a um grupo formado por 20 alunos da Emeb Carlos Foot Guimarães que já participava da visita monitorada. Aproximadamente 250 crianças do grupo G5 (cinco anos) de escolas da rede municipal de ensino já participaram da visita.

“Estamos realizando um evento diferente a partir deste simpósio, inclusive para popularizar a discussão sobre o patrimônio histórico de Jundiaí, interesse de todos nós. Integrando ações entre várias unidades de gestão e representantes de variadas iniciativas”, destaca o diretor. “O lançamento do Passaporte vem sendo muito elogiado por profissionais especializados e pela comunidade, já apresenta resultados significativos.

Um dos destaques das ações foi o trabalho realizado pela Fundação Municipal de Ação Social (Fumas), que preparou um material bem completo resgatando o histórico sobre o Cemitério Municipal Nossa Senhora do Desterro. Com a realização do Simpósio estamos criando uma educação patrimonial, produzindo material para as futuras gerações”, completa Paixão.

O estudante de arquitetura Richard Mian Filho conta que quando soube da visita técnica procurou mais informações. “Na faculdade tenho matérias sobre patrimônio histórico. Nada melhor do que conhecer melhor minha cidade, reviver a sua história pelas construções e a riqueza em cada detalhe. Achei a proposta muito interessante e necessária para a formação, seja qual for a profissão.”

Foto: PMJ

Foto: PMJ


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/durante-simposio-sobre-patrimonio-jundiaiense-grupo-visita-equipamentos-historicos/
Desenvolvido por CIJUN