Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em 60 dias, 15 roubos a motoristas de aplicativo

COLABORAÇÃO DE FELIPE CARDOSO | 18/05/2019 | 05:00

Ocorrência que vem crescendo consideravelmente em Jundiaí nos últimos meses, assaltos a motoristas que trabalham com transporte por aplicativo estão deixando os moradores da cidade assustados.
Segundo a Associação dos Motoristas por Aplicativos de Jundiaí, só nos últimos dois meses foram registrados 15 casos de roubo na cidade.
De acordo com o delegado da Policia Civil, Ruiter Martins, alguns casos já foram esclarecidos e uma pessoa foi presa suspeita de fazer parte de uma quadrilha investigada como possível responsável pelos assaltos. “No começo do ano foram esclarecidos cinco roubos e um carro recuperado, além da prisão do suspeito de fazer parte da quadrilha. As investigações ainda seguem”, afirmou o delegado em recente entrevista.
A Polícia Civil segue com as investigações que começaram no início do ano para identificar e prender a quadrilha suspeita.
Um motorista de transporte por aplicativo, que preferiu não se identificar, disse que e ele e todos os seus colegas de trabalho estão cada vez mais espertos na hora de buscar um passageiro para uma corrida. “Fico ainda mais atento quando é nome feminino que chama, pois se eu chegar no ponto marcado e for um homem esperando, normalmente não paro”, afirmou.
O motorista está ciente que um dos golpes mais aplicados pelos bandidos é o pedido de corrida para terceiros, então por questão de segurança prefere pegar apenas os passageiros que efetuaram o próprio pedido e possuem cadastro no site da empresa do aplicativo. “Mesmo assim ainda não é algo 100% seguro mas já é uma das medidas de proteção que adoto.”
De acordo com relatos de deferentes vítimas à polícia, além do roubo os bandidos muitas vezes usam violência e ameaça de sequestro.
Um dos lugares com alto número de registros de assaltos, o bairro São Camilo é um local que vem sendo evitado pelos motoristas em alguns horários do dia. “Normalmente depois das 20h o pessoal já não gosta muito de ir até lá, pois os casos de roubo e violência que aconteceram no bairro recentemente deixam todos assustados”, disse o motorista.

GRUPO
Pensando em um ajudar o outro, os motoristas da cidade criaram um grupo no Whatsapp para trocar informações sobre acontecimentos em tempo real durante o dia. “Alguns não conhecem alguma região e perguntam no grupo se é tranquilo para ir. Outros avisam quando vão em algum lugar perigoso para os outros motoristas ficarem atentos caso ele demore para avisar que ocorreu tudo bem. Assim vamos tentando diminuir esses casos ao máximo”, ressalta o motorista.

Foto: Alexandre Martins


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/em-60-dias-15-roubos-a-motoristas-de-aplicativo/
Desenvolvido por CIJUN