Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em Jundiaí, Anhangabaú é o epicentro do coronavírus

Da Redação | 15/05/2020 | 18:08

Dos 363 casos confirmados de coronavírus em Jundiaí, 26 estão concentrados no bairro Anhangabaú. Logo em seguida, o bairro com maior incidência da doença é o Centro, com 18 infectados, seguido dos bairros  Alvorada, Jardim Samambaia e Medeiros, que contabilizam 17 casos cada um. As informações foram disponibilizadas pelo Mapa da Contaminação, disponibilizados na tarde desta sexta-feira (15) pela Prefeitura de Jundiaí.

 

Na mesma data, uma nova morte por covid-19 foi confirmada na cidade. Trata-se de um homem com 72 anos, portador de doença cardiovascular crônica e diabetes, internado desde  o dia 04 de maio no Hospital São Vicente de Paulo (HSV). Ele faleceu na última quinta-feira (14) e já havia testado positivo. Assim, a cidade registra 28 óbitos causados pela doença. No total são 363 casos positivos, incluindo as mortes já citadas. Dentre os demais, 115 estão se recuperando em isolamento domiciliar, 35 estão internados e 185 já recuperaram.

O município registra ainda 65 casos suspeitos sendo 33 em isolamento domiciliar, 27 internados e cinco mortes sob investigação. Outros 262 casos já foram descartados.

Em relação à ocupação dos leitos de UTI, na rede pública de saúde foi atingido 42% da capacidade total de internação de pacientes que estão concomitantemente utilizando respiradores. Na rede privada, por sua vez, a ocupação de pacientes internados com covid-19 ou outras doenças chegou a 65% da capacidade total.

O Prefeito Luiz Fernando Machado decretou estado de Calamidade Pública para a cidade, (decreto 28.926, 24 de março de 2020) na Imprensa Oficial do Município, ampliando a restrição de fluxos, suspendendo cobranças e determinando a suspensão de atividades de setores não essenciais, com o objetivo de reduzir a disseminação do vírus entre a população.

PREVENÇÃO
Desde o início dos alertas da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Prefeitura de Jundiaí desenvolve o Plano de Ação contra o Novo Coronavírus, com treinamento dos profissionais – tanto do setor público quanto privado -, orientação ao público por canais de comunicação, bem como a atuação em vigilância preventiva nos equipamentos de Saúde, públicos e particulares. Todas as medidas tomadas pelo município seguem os protocolos do Ministério da Saúde.

PELA REGIÃO

O número de casos positivos em Várzea Paulista subiu para 64, sendo cinco óbitos. Fora esses, 42 munícipes já se curaram da doença. Outros 120 casos estão sob investigação e 37 foram descartados.

Em Campo Limpo Paulista são registrados 62 casos confirmados da doença, dentre os quais cinco são mortes e 11 se recuperaram. Além disso, a cidade possui 16 casos suspeitos e 22 descartados.

Itupeva, por sua vez, tem 13 confirmados, sendo dois óbitos e oito curados. Apenas três casos estão sendo investigados e 19 testaram negativos.

Na cidade de Louveira 32 pessoas estão com a doença. São duas mortes e 27 curados. Há outros oito casos suspeitos e 67 descartados.

Cabreúva contabiliza 29 casos confirmados, mas nenhuma morte. Há ainda 12 suspeitos e 30 descartados.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/em-jundiai-anhangabau-e-o-epicentro-do-coronavirus/
Desenvolvido por CIJUN