Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em Jundiaí, pais já procuram material escolar para os filhos

COLABORAÇÃO DE LIGIA ANDRADE | 19/12/2018 | 05:03

As crianças acabaram de entrar em férias, e muitas famílias já estão à procura de material escolar para o ano letivo de 2019 em Jundiaí. Algumas escolas já entregaram a lista de material que será utilizado no próximo ano w os pais mais prevenidos aproveitam dezembro para ir às compras e evitar as filas comuns em janeiro e fevereiro nas papelarias.
Edilene Balestrin, tradutora, é uma das mães prevenidas. Ela ainda não tem a lista do material escolar, mas já está a procura de materiais básicos e necessários para seu filho, Gustavo, de 11 anos, que ingressará no sexto ano em 2019. “Como a escola diz que toda a parte de artes está incluída no valor que eles cobram, estou adiantando alguma coisa do estojo dele: lápis, borracha e caneta, por exemplo”. Gustavo ajuda na tarefa, e indica à mãe quais são suas borrachas preferidas, os lápis que gosta e o que precisará para a nova fase escolar.
Já Fabiane Schimitd, mãe de Rodrigo, 10, e Maria Luisa, 6, possui a lista em mãos e já risca alguns itens dela. “Rodrigo está indo para o sexto ano, e a lista de material dobrou”, explica Fabiane. Ela prefere antecipar a compra dos materiais escolares para fugir das filas em papelarias, que ficam lotadas nos meses que antecipam a volta às aulas, janeiro e fevereiro. “Em janeiro fica tudo lotado, então sempre compro em dezembro”.
As papelarias começam a sentir o fluxo de clientes à procura de material escolar aumentar, e mais funcionários são contratados para lidar com a demanda. Gerson de Núncio, gerente de uma papelaria, confirma que a procura de material escolar em dezembro já é grande e até incentiva o consumidor a antecipar as compras e fugir de filas de dezembro a fevereiro, sua loja oferece descontos de até 30% e, se a compra for feita em grupos de 15 a 20 pessoas, o desconto é ainda maior.
Para Camila Rodrigues, enfermeira, o desconto faz grande diferença na extensa lista de material escolar de seu filho, Lucca, de apenas 2 anos e 10 meses. Guaches, inúmeras folhas, e diversos materiais artísticos estão incluídos. Adiantar-se nas compras é uma boa ideia para não deixar nada faltar e ter tempo de procurar as melhores ofertas.
DICA
Mas é preciso ficar atento à lista solicitada pela escola antes de sair comprando. O Procon aconselha os pais a prestarem atenção nos materiais que são pedidos pela escola. Todos devem ter como fim o uso individual do aluno ou sua ação pedagógica, não cabendo aos pais fornecerem itens de interesse da escola, como sabonete, papel higiênico ou quantidade exacerbada de folhas sulfite. Caso os pais percebam algum exagero na lista entregue pela escola, devem procurar a direção e pedir justificativas. Se o caso persistir, devem recorrer ao Procon. Além disso, recomenda-se fazer uma pesquisa entre os estabelecimentos, levando em consideração descontos, formas de pagamento e a qualidade do material desejado.

Rui Carlos

Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/em-jundiai-pais-ja-procuram-material-escolar-para-os-filhos/
Desenvolvido por CIJUN