Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Empresas vão ser multadas em fiscalização

| 26/06/2014 | 00:05

Depois de matéria publicada no Jornal de Jundiaí Regional, na última segunda-feira (23), sobre as condições em que trabalham os conhecidos ‘homens-placa’, a Câmara Municipal de Jundiaí e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) resolveram agir.

Na Sessão Ordinária de terça-feira (24), o vereador Paulo Sérgio Martins (PPS) fez uma emenda em seu projeto de lei 10747/2010 que proíbe a ação destes profissionais na cidade. O Cerest prepara uma ação para fiscalizar, com mais rigor, esses abusos. E diz que irá aplicar multas, que variam R$ 201,40 a R$ 201.400.

A Associação das Empresas e Profissionais do Setor Imobiliário (Proempi) afirma que este assunto entra em pauta na próxima reunião da entidade. De acordo o presidente da Proempi, Ricardo Benassi, deixar as pessoas em más condições só para fazer propaganda é inaceitável e denigre a imagem da entidade. Porém, ele reclama que o município tem uma lei que proíbe a panfletagem em lugares públicos e isso reduz as oportunidades de mostrar os imóveis.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/empresas-vao-ser-multadas-em-fiscalizacao/
Desenvolvido por CIJUN