Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Encontro Internacional reúne, em Jundiaí, professores do Brasil e do mundo

DA REDAÇÃO | 26/08/2018 | 05:05

Jundiaí recebeu na semana passada o 5º Encontro Internacional de Educação, realizado no Centro Cultural Ermida, da Fundação Antonio Antonieta Cintra Gordinho. O evento contou com a participação de convidados especiais, entre eles o professor Peter Moss, da Universidade de Londres, a pedagoga Deanna Margini e a atelierista Maura Rovacchi, ambas do sistema municipal de educação de Reggio Emilia, da Itália. O tema central do encontro foi “Experiência na Escola… A documentação pedagógica como caminho de mudança”.

Entre os destaques, a professora de biologia do Ensino Médio da Fundação, Maria Aparecida Masteguin Cristi, fez uma apresentação sobre o tema “O laboratório de biologia como território de linguagem – caminho da citologia”. Cerca de 200 participantes dos estados de Roraima, Bahia, Paraná, Rio de Janeiro, Brasília e de muitas cidades do Estado de São Paulo trocaram experiências e aprendizagens. A equipe da Fundação Cintra Gordinho, direção, coordenação e professores, contam que tiveram diversos momentos de estudo e aprimoramento com os convidados internacionais.

“Em função da história dos nossos encontros anteriores, esse teve um amadurecimento no sentido de contar com palestrantes de Inglaterra e Itália, além de uma apresentação da Fundação, que relaciona os conceitos abordados com a realidade e prática de uma escola brasileira. Esse encontro marcou para a Fundação como um espaço de aprendizagem e troca com experiências internacionais e nacionais”, afirma a diretora de formação da Fundação e responsável pelo evento, professora Ana Teresa Gavião Mariotti.

Ela recordou um pensamento do aluno Vinícius Borges, do 7º ano da escola que faz todo o sentido, segundo ela. “Encontros e reencontros são tão maravilhosos que ficam marcados na nossa linha do tempo.” Segundo Ana Teresa, Peter Moss trouxe a importância da democracia no cotidiano da escola. “Deanna abordou a relevância do trabalho em grupo, de pensar com o outro o processo de ensino e aprendizagem. Maura nos fez refletir sobre o entrelaçamento de linguagens (matemática, artística, gráfica entre outras) para o pensamento criativo da criança e do professor”, destaca a professora.

Experiência
Entre os trabalhos apresentados, destaque para a professora de biologia do Ensino Médio da Fundação, Maria Aparecida Masteguin Cristi, que fez uma apresentação sobre o tema “O laboratório de biologia como território de linguagem – caminho da citologia”. “Foi a minha primeira documentação pedagógica. Venci muitos medos e desafios. Fiquei surpresa com o carinho e aceitação do público. Trabalhamos nesse processo por dois meses. Foi muito gratificante”, disse ela, agradecendo a direção da escola pela confiança em seu trabalho.

A atelierista italiana Maura comentou que na documentação apresentada por Maria Cristi não havia só a voz de Maria. “Havia a voz do aluno. Da escuta. Seu relato é importante porque ultrapassa a criação do professor, e constrói junto com o aluno. E admiro sua coragem em compartilhar a experiência. Você (Maria) quebrou a solidão do professor. Os alunos ganharam muito com isso. Tenho três filhas e esses olhos, bocas da célula levarei para a casa.”

Para Ana Teresa, a apresentação de Maria pode ser focada em dois pontos. “Primeiro a participação e a voz de um professor que é autor e pesquisador com a gestão da escola. Segundo, que a educação hoje precisa se renovar e inovar e isso depende uma mudança da professora atrelada à sua experiência docente. Maria com 22 anos de docência, no projeto apresentado, revela uma inovação do ato de ensinar e aprender.”

Troca de experiências marca evento

 

Creche e escola de educação Infantil
Peter Moss, Deanna Margini e Maura Rovacchi conheceram a creche-escola de Educação Infantil Almerinda Pereira Chaves, da Fundação Cintra gordinho. O espaço foi apresentado a eles pela aluna Mariana de Souza, do grupo 05, e sua mãe, Ana Maria de Souza. Depois, os professores da creche tiveram a oportunidade de fazer perguntas aos convidados ampliando a prática do projeto educacional da Fundação.

Pesquisa
As professoras do Fundamental I e da creche-escola de Educação Infantil tiveram uma reunião com a pedagoga Deanna Margini e a atelierista Maura Rovacchi, na Cidade dos Meninos e Meninas de Jundiaí, com o objetivo de apresentarem uma documentação pedagógica realizada pela equipe. Uma oportunidade para troca de experiências sobre o processo de pesquisa que está sendo realizado.

Reunião formativa
Os professores e coordenadores pedagógicos da Fundação Cintra Gordinho tiveram uma pauta especial na reunião formativa que ocorre semanalmente. Peter Moss, Deanna Margini e Maura Rovacchi contaram suas experiências em pesquisa e documentação pedagógica . O encontro foi no Centro Cultural Ermida.

Pocket Fórum
Durante a semana, foi realizado ainda um Pocket Fórum, uma oportunidade a mais oferecida pela Fundação Cintra Gordinho aos profissionais interessadas em trocar ideias com o professor inglês Peter Moss, um encontro mais intimista, que antecedeu ao 5º Encontro Internacional de Educação. O tema abordado foi “Micro experiência e macro projeto: A gestão no processo de aprendizagem”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/encontro-internacional-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN