Jundiaí

Entidades buscam doações do programa Nota Fiscal Paulista

NOTA FISCAL ANA PAULA DE ARAUJO PATON COORDENADORA DE CAPTACAO DE RECURSOS GRENDACC
Crédito: Reprodução/Internet
A pandemia do novo coronavírus abalou a estrutura financeira das entidades sociais de Jundiaí que precisaram redobrar a divulgação de eventos e o apelo quanto a doação por meio do Programa Nota Fiscal Paulista. Para a maioria, o dinheiro devolvido com as notas ajuda na manutenção dos trabalhos. Em Jundiaí, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) oferece ao contribuinte a oportunidade de doar os cupons automaticamente pelo site da Nota Fiscal Paulista, sendo necessário fazer o cadastro apenas uma vez. “Com esta facilidade fica ainda mais fácil ajudar a Apae”, explicou a diretora executiva, Suely Angelotti. Após o cadastro, os cupons fiscais de todas as compras em que a pessoa informar o CPF serão destinados diretamente à entidade. “Será gerado créditos e bilhetes para participação em sorteios”, orienta Suely. PELO APP Com uma queda acentuada de mais de 10 mil cupons por mês da NFP, o Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc) desenvolve campanhas de incentivo à doações por meio de aplicativos, como o NotaBê, acessado pelo Play Store do celular. Após o procedimento, basta fotografar a nota fiscal e a doação está concluída. Outra forma de participar é fazendo um cadastro no site da Receita Federal, assim, automaticamente, quando digitar o número do CPF em qualquer estabelecimento comercial, a nota fiscal vai direto para o Grendacc. Segundo Ana Paula de Araújo Paton, responsável pela captação de recursos do Grendacc, a entidade teve uma queda importante dos cupons. Os mesmos eram recolhidos dos comércios pelos voluntários, mas por conta da pandemia esta captação foi suspensa. “Chegamos a ter 41 mil cupons digitados por mês e agora estamos em torno de 20 mil. Estamos intensificando as ações no comércio para estimular as doações e tentar recuperar esse número, que ainda terá reflexo nos próximos meses, já que o governo faz o repasse quatro meses depois”, diz Ana Paula. Na Congregação das Missionárias de Cristo, a situação não é muito diferente com queda na arrecadação. As responsáveis acredita quem uma queda de 50%. “Estamos incentivando a doação digital, já que até a maioria era feita por meio dos cupons. Com a covid-19, por questões óbvias, as pessoas deixaram de vir até a entidade e perdemos muito”, lamenta a responsável pelo setor administrativo da entidade, Irmã Maria da Penha da Silva. Atualmente, a unidade atende alunos da Unidade de Gestão de Educação (UGE) de Jundiaí, além das crianças envolvidas nos projetos sociais. “A renda arrecadada com as doações da nota fiscal é toda direcionada para a manutenção destes projetos. Portanto, neste momento, está tudo comprometido”, lamenta. Após um breve cadastro no site da Nota Fiscal Paulista, sempre que pedir o CPF em qualquer compra, já estará doando automaticamente para a entidade, sem a necessidade de entrar no site e preencher as informações. PASSO A PASSO Para quem já é cadastrado no Programa Nota Fiscal Paulista, por meio do site www.nfp.fazenda.gov.br, a doação dos cupons fiscais será feita automaticamente. Basta acessar o site do programa, fazer o login e, em seguida, clicar na aba ‘Entidades’. Em seguida escolha a opção ‘Doação de Cupons com CPF Automático’ e escolha a entidade que deseja ajudar. [caption id="attachment_96274" align="aligncenter" width="800"] .[/caption] [caption id="attachment_96275" align="aligncenter" width="800"] .[/caption]

Notícias relevantes: