Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Escola Inovadora ganha reconhecimento internacional

DA REDAÇÃO | 15/01/2019 | 05:03

Os primeiros resultados conquistados pelo Programa Escola Inovadora já começam a ser colhidos. O reconhecimento internacional chega com a apresentação de dados obtidos a partir do projeto Amigos do Zippy, – formação direcionada para o desenvolvimento de habilidade socioemocional-, no III Congresso Internacional da Criança e do Adolescente, que acontecerá na cidade do Porto, em Portugal, entre os dias 23 a 25 de janeiro.

“A habilidade socioemocional é um investimento que será colhido durante toda a vida da criança, propiciando mais chances de êxito na vida pessoal e profissional”, detalha o prefeito Luiz Fernando Machado, que incluiu o projeto no Programa Escola Inovadora. Em Jundiaí, os indicadores diagnosticados pela Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC), desenvolvedora do Amigos do Zippy para a Unidade de Gestão de Educação (UGE), apontam até 80% de positividade na percepção de benefícios conquistados a partir da aplicação do projeto, a partir de avaliação com base na percepção de pais e professores em relação ao desenvolvimento das crianças.

Ao reconhecer os sentimentos como a raiva, o medo, a angústia, a alegria e o ciúmes, as crianças são estimuladas a tomar decisões sobre como melhorar o estado emocional, a partir do diálogo e desenvolvimento da saúde emocional. “Antes, se falava que apenas as crianças que viviam em condições vulneráveis precisavam de trabalho específico para o reconhecer os sentimentos como a agressividade e a intolerância, no sentido de ofertar ferramentas para que pudessem controlar esses sentimentos negativos. Na sociedade contemporânea, todos precisam desenvolver as habilidades socioemocionais. O Amigos do Zippy oferece caminhos para que a criança aprenda a buscar a solução e a se sentir melhor”, detalha a gestora da UGE, Vasti Ferrari Marques.

A formação, de acordo com a coordenadora geral da ASEC, Silmara Meirelles, fornece ferramentas e melhora o aprendizado dos pequenos. Ao todo, o programa atingiu a 2.788 alunos e 111 educadores, das 2ºs e 4ºs anos, no ano de 2018 e terá continuidade no ano letivo de 2019. “Os temas foram trabalhados por meio de histórias envolvendo as crianças, os alunos e os familiares. As ações dinâmicas contaram com o personagem Zippy, um inusitado bicho-pau, amigo de um grupo de crianças. A cada aula um sentimento é trabalhado e os caminhos para desenvolver a saúde emocional são mostrados para que eles próprios tomem as decisões que não prejudiquem a si e aos outros”, detalha a coordenadora.

Ariana Aparecida Macedo Camatta, 34 anos, mãe de Vitor Camatta, estudante do 3º ano da EMEB Anézio de Oliveira, na Vila Marlene, está muito satisfeita com o resultado da inclusão do tema nas aulas do filho. “O Vítor, até os 4 anos, era filho único e não precisava dividir a atenção com ninguém, até a chegada do Vinícius (4 anos). Com as aulas do Amigos do Zippy, o Vitor mudou o comportamento, está mais solidário, tem mais cuidado com o irmão, mais paciência e passou a ter um diálogo ainda melhor com os adultos”, argumenta a mãe.

Maria Fátima Santos, mãe de Kennedy dos Santos Reis, também comemora a participação do filho nas aulas do Amigos do Zippy. “Os temas tratados nas aulas auxiliam no desenvolvimento emocional das crianças, facilitando o diálogo e as soluções dos impasses a partir das conversas, sem brigas ou manhas”, comenta.

T_WhatsApp Image 2019-01-14 at 17.43.52


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/escola-inovadora-ganha-reconhecimento-internacional/
Desenvolvido por CIJUN