Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Excesso de calor e de umidade provocam temporais na Região

SIMONE DE OLIVEIRA | 29/11/2018 | 19:32

Apesar de ter sido apenas uma hora de chuva intensa na tarde desta quarta-feira (28), os estragos por Jundiaí e Região foram grandes, em especial pelo volume de água acumulada: acima da média histórica. A tempestade ocorreu devido ao excesso de calor e de umidade. Juntos, eles formaram nuvens carregadas, geralmente do tipo “cumulonimbus”, responsáveis por provocar pancadas de chuva com raios, granizo e ventania, segundo informaram os meteorologistas do Climatempo, site especializado em previsão do tempo.

Dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), com estação no Jardim Florestal, informam que em Jundiaí houve um acumulado equivalente a 47mm de chuva nas últimas 24 horas, sendo que a média de chuva para o mês na cidade é de 212mm. As regiões mais afetadas, segundo a Defesa Civil de Jundiaí, foram os bairros Vila Progresso (52 mm), Jardim Florestal (47 mm), Fazenda Grande (38 mm), Eloy Chaves (41 mm) e Anhangabaú (37 mm). Em todo o mês de novembro já choveu 235mm na cidade, marca acima da média histórica dos últimos 6 anos de 219 mm.

Ainda segundo o órgão, durante a forte chuva foram atendidas algumas ocorrências, entre elas a queda de um muro a avenida 14 de Dezembro, próximo a Havan, e pontos de alagamento nas avenidas Prefeito Luiz Latorre e 14 de Dezembro. Não houve, segundo a Defesa Civil, transbordamento de rios e córregos e nenhuma ocorrência de moradia alagada ou queda de árvore foi registrada.

REGIÃO
Se por um lado não houve ocorrência de transbordo de rios ou de córregos em Jundiaí, a vizinha Várzea Paulista não teve a mesma sorte. O conhecido Córrego do Bertioga foi o mais afetado.. Com o volume de água registrado na cidade, cerca de 80 mm em uma hora, equivalente a duas semanas de chuva, o nível do rio subiu, causando alagamento da via. Durante as pancadas de chuva, muitos usuários do transporte urbano tiveram que descer dos ônibus com a água batendo na cintura. Uma leitora do bairro Jardim Primavera registrou a enxurrada pelas ruas do bairro.

Segundo a Defesa Civil de Várzea Paulista, durante toda a manhã desta quinta-feira (29) equipes da prefeitura realizaram a limpeza da avenida. Cerca de 100 pontos de atendimento da Prefeitura de Várzea Paulista estavam funcionamento normal, incluindo escolas municipais e Unidades Básicas de Saúde. O Climatempo informa que as temperaturas nesta sexta-feira (30) em Jundiaí devem variar entre 18 e 29 graus, com sol com muitas nuvens e pancadas de chuvas à tarde e à noite.

CORREGO DO BERTIOGA EM VARZEA PAULISTA RESCAUDO DA CHUVA

CORREGO DO BERTIOGA EM VARZEA PAULISTA


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/excesso-de-calor-e-de-umidade-provocam-temporais-na-regiao/
Desenvolvido por CIJUN