Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Falta de limpeza em terrenos gera reclamações de moradores

SIMONE DE OLIVEIRA | 21/02/2019 | 05:00

As chuvas das últimas semanas potencializaram o crescimento de mato em vários pontos da cidade, porém moradores de alguns bairros reclamam da falta de limpeza e de infraestrutura muito antes do período das chuvas intensas. Com o mato alto, temem o aparecimento de bichos e de focos do mosquito Aedes aegypit.

A moradora da rua Santa Maria, na Ponte São João, Isadora Seloto, diz que um terreno localizado entre sua rua e um centro de treinamento está com mato alto há muito tempo a ponto de aparecer ratos e vários outros bichos. Segundo Isadora, as reclamações já foram feitas desde o ano passado, inclusive pelo seu avó, Décio Seloto, mas nada foi feito.

Os moradores acreditam que seja um terreno da administração pública. “O mato está quase chegando ao muro da nossa casa e o perigo é a entrada de bichos. Lá tem muitos materiais como telhas, entulhos e até andaimes encostados. A câmera da minha casa flagra a entrada e saída de ratos pelos muros”, conta Isadora.

Ela espera que a limpeza seja feita, independente de quem seja o dono. “A nossa preocupação é que coloquem fogo neste mato aqui ou comecem a entrar pessoas estranhas no local.” Segundo a Unidade de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP), o terreno citado pela reportagem do JJ, localizado na Ponte São João, se trata de uma área pública que será limpa e terá o mato cortado dentro de duas semanas, conforme programação já estabelecida.

PRAÇA
Já na Vila Esperança, o problema dos moradores é com a falta de limpeza e de infraestrutura de uma área de lazer na avenida Nações Unidas, altura do número 1811. Segundo o comerciante e morador próximo ao local, Cristiano Vitorino da Silva, a área servia de ponto para as crianças jogarem bola, mas sem alambrado ou uma limpeza, está inutilizada. “Infelizmente, neste estado fica inviável o uso pelas crianças.

Em novembro, até começaram a mexer por aqui, mas pararam e ninguém mais veio ou deu satisfação do que será feito disto. Está servindo de uso de moradores de rua e até de pessoas que não conhecemos”, lamenta.  Para este área, a UGISP esclarece que o serviço de manutenção no local será feito na primeira semana de março. E unidade de gestão também informa que além da manutenção da área, será realizado o serviço de limpeza.

RECLAMACAO FALTA DE CUIDADE NA AREA DE LAZER IVETE DO CARMO PINTO NA VILA ESPERANCA


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/falta-de-limpeza-em-terrenos-gera-reclamacoes-de-moradores/
Desenvolvido por CIJUN