Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Família Carnio recebe homenagem do Itália Canta, na Rádio Difusora

DA REDAÇÃO | 04/11/2018 | 13:05

O Itália Canta chegou a homenagem de número 800, dedicada à Família Carnio. O quadro foi elaborado pelo saudoso Tobias Muzaiel e é uma parceria entre a Rádio Difusora e o Jornal de Jundiaí. A pesquisa histórica é feita por Rolando Giarolla. Antonio Carnio e Carolina Baselotto nascidos em Musestre, na província de Treviso na Itália, chegaram ao Brasil em novembro de 1891, na cidade de Santos, em São Paulo.

Ambos com 22 anos trouxeram um filho de colo, chamado Albino Carnio. Foram morar em Mont Serrat, na região de Itupeva, e depois vieram para Jundiaí, na região central. Tiveram mais cinco filhos no Brasil: Etore, Guilherme, Dario, Vitório e Olga. Albino Carnio, nascido em Roncade, província de Treviso, casou-se aos 24 anos com Zoraide Galafassi, em setembro de 1913. Era funcionário público de Jundiaí, morou na região central, em seguida mudou-se para a Ponte São João. Tiveram oito filhos: Duilio, Armando, Tosca, Mafalda, Ada, Célia, Jaime e Antônio.

Duilio Carnio e Leonora Roncoletta, ambos nascidos em Jundiaí, moravam também na Ponte São João. Duilio foi motorista do antigo SANDU (atualmente SAMU) e ela, filha de Maximiliano Roncoletta, donos da antiga fábrica de refrigerantes na Avenida São João. Tiveram cinco filhos: Olinda, Darci, Celso, José Duilio e Cláudio.

Celso Carnio, metalúrgico e Dalva Felpa nasceram em Jundiaí, na Ponte São João. Casaram-se e foram morar na Colônia. Tiveram oito filhos: Antônio, Siomara, Simone, Silvana, Samuel, Marcio, Samira e Samanta. Antonio Carlos Carnio, nascido em Jundiaí no Jardim Pacaembu e Silvia Elena Galli, nascida em Macatuba, São Paulo. Casaram-se em Jundiaí e moraram no bairro do Caxambu. Tiveram três filhos: Carlos, Marcelo e Giovane.

T_CARNIO3


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/familia-carnio-recebe-homenagem-do-italia-canta-na-radio-difusora/
Desenvolvido por CIJUN