Jundiaí

Festa da Uva alcança público de 200 mil pessoas e produtores comemoram vendas


festa_da_uva-7
Crédito: Reprodução/Internet
A 36ª Festa da Uva e 7ª Expo Vinhos chegaram ao fim no domingo (03), e os números impressionam: cerca de 200 mil visitantes passaram pelo Parque da Uva (30 mil a mais do esperado pela organização e cerca de 50 mil a mais em relação ao ano passado). Além disso, quase 107 toneladas de frutas (três a mais que o ano passado), 8.500 garrafas de vinho e outras mais de mil garrafas de suco de uva artesanal foram vendidas. O balanço final não somente superou os índices de edições anteriores, mas também as expectativas para 2019. Por parte dos produtores locais, a satisfação com as vendas é unânime. Um dos que comemoram é o Clemente Maziero, que tem uma tradicional adega no bairro do Caxambu. “O saldo desta festa foi ótimo. Levamos mais de dez opções de vinhos, além de suco de uva, licores e bagaceiras. Parabéns para a Prefeitura, pelo exemplo de organização e de divulgação da Festa, responsável por trazer turistas inclusive de outros Estados”. Já do bairro do Caxambu, o produtor de uvas Eduardo Bortolo também festeja. “Durante a Festa, conseguimos escoar cerca de 20% da produção e todos saem ganhando, produtores e consumidores, devido ao preço sem intermediários.” Para o prefeito Luiz Fernando Machado, números expressivos e aprovação entre visitantes e produtores demonstram o acerto no modelo do evento. “A Festa da Uva congrega, por meio de suas opções gastronômicas e culturais, o que há de melhor em Jundiaí, e é por isso que a comunidade prestigia. Sem contar pelo formato do evento, que privilegia os produtores, artistas e artesãos locais e auxilia no escoamento da produção vitivinicultora. Nas ocasiões em que estive no Parque da Uva, foram só elogios”, comemora o prefeito. Para o gestor de Cultura, Marcelo Peroni, o sucesso da Festa está ancorado em seu formato consolidado e nas experiências que ela proporciona. “A valorização dos patrimônios da cidade, o aumento das intervenções artísticas e a ampliação dos atores do receptivo e das vinhateiras são marcas que transformam as experiências de cada visitante. Para a próxima edição, além de repetir este formato consolidado, que fomenta a economia criativa, já pensamos em novas ampliações, inclusive no total de dias de Festa”. O gestor de Agronegócio, Abastecimento e Turismo, Eduardo Alvarez, ressalta como o recorde de público reflete no recorde de vendas. “Entendemos que este é o formato da Festa, como forma de mais serviço à população que a Prefeitura entrega, e que permite a integração de diversas Unidades de Gestão em sua organização”. E promete: “a edição de 2020 promete inovações, inclusive no engrandecimento do agricultor local, prestigiado pelos leilões das frutas premiadas, que ultrapassaram os R$ 7 mil e serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade (Funss). Também as arrecadações de alimentos não perecíveis doadas de forma voluntária pelos visitantes e destinadas ao Fundo Social, ainda que preliminares, batem o recorde do ano passado. Neste ano, nos dois primeiros finais de semana da Festa, as doações chegam a quase quatro mil toneladas, frente aos três mil totais de 2018. festa_da_uva-1

Notícias relevantes: