Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Fim de semana marcado por acidentes fatais

THIAGO AVALLONE | 10/09/2019 | 05:01

Em Jundiaí, o jovem de 21 anos, Gabriel Mortari, morador do bairro Santa Gertrudes, faleceu na madrugada de sábado para domingo. De acordo com familiares, Gabriel estava com um amigo voltando de uma romaria, quando perdeu o controle de seu carro e caiu em um barranco na região do Santa Clara, Serra do Japi.

Aparentemente o jovem estava em alta velocidade. Após se acidentar ,Gabriel e seu amigo, ainda conseguiram subir o barranco e pedir carona até o bairro onde moravam. Com receio de incomodar a família, o jovem pediu para dormir na casa de seu amigo e na manha seguinte iria ao hospital, mas foi tarde demais.

No acidente, Gabriel teve seus pulmões perfurados e acabou morrendo de hemorragia antes mesmo de chegar a casa de seu amigo, na rua 50.

Também no último fim de semana, o jovem Pablo da Silva Rodrigues Nunes, 23 anos, faleceu voltando para sua casa em Cajamar. No fim da tarde de domingo(08), uma equipe de resgate da concessionária Autoban foi acionada para socorrer o jovem que havia caído com a sua moto no Km 48 da via Anhanguera. Mas já era tarde, quando a equipe chegou apenas puderam confirmar o óbito.

Os dois acidentes preocupam os órgãos responsáveis da região. De acordo com o Infoseg, até o mês de agosto Jundiaí havia registrado 32 mortes em acidentes de trânsito, um número menor que os últimos dois anos. Em 2018 foram 48 casos e no ano anterior 67.

De acordo com a assessoria do Hospital São Vicente (HSV), os números de atendimento referentes a acidentes de trânsito também diminuíram em 2019. No período entre janeiro a julho deste ano foram 325 casos enquanto no ano passado foram 498.

Segundo a Prefeitura de Jundiaí, entre as ações em favor da segurança no trânsito, a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) implantou 25.934 metros quadrados de sinalização horizontal de trânsito de janeiro a maio deste ano, um aumento de quase 47% em relação a igual período no ano passado, quando foram implantados 17.678 metros quadrados de sinalização horizontal. Até agosto passado, esse número chegou a 39.200 m2 de sinalização horizontal. Ainda segundo a UGMT, durante o mês de setembro, a empresa especializada na prestação de serviços de fiscalização do trânsito realiza testes da estrutura dos equipamentos de velocidade em algumas vias da cidade, por enquanto sem aplicação de multas para os motoristas. O objetivo é coibir o excesso de velocidade e infrações de trânsito, como avanço de fase vermelho e parada sobre faixa.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/fim-de-semana-marcado-por-acidentes-fatais/
Desenvolvido por CIJUN