Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Fórum discute o desafio da empregabilidade para pessoa com deficiência

DA REDAÇÃO | 03/12/2019 | 13:01

Reunindo cerca de 200 pessoas, o II Fórum de Empregabilidade da Pessoa com Deficiência, realizado nesta terça-feira (3) na Unip – justamente no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – teve como foco o desafio da inclusão. A iniciativa foi da administração Luiz Fernando Machado, por meio da Casa Civil / Assessoria de Políticas para a Pessoa com Deficiência.

O evento foi aberto por apresentações do PEAMA – Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas – e contou com a palestra “28 anos da Lei 8.213/91 (Lei de Cotas para a Pessoa com Deficiência) – Avanços e Desafios, ministrada pelo médico do trabalho José Carlos do Carmo, Coordenador do Projeto de Inclusão da Pessoa com Deficiência em São Paulo, que alertou as empresas para o cumprimento da lei. “A diversidade enriquece a sociedade. A empresa que não percebe isso irá perder o bonde da história”, destacou.

O poder público também dá o exemplo. Presente pela primeira vez ao Fórum, Vitoria Ramos Crecco atua há cerca de um ano com o assistente na Biblioteca Pública Municipal Prof. Nelson Foot. “Encontros como esse são valiosos”, afirmou. “É importante saber o que está sendo realizado”.

Também participaram representantes do setor de reabilitação profissional do INSS, a Secretaria do Trabalho, Ministério da Economia, CAPS – Centro de Atendimento Psicossocial e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Jundiaí – CEREST –, em uma mesa redonda com o tema “Os Desafios da Inclusão com Qualidade”.

Marco Antonio dos Santos, assessor de Políticas para a Pessoa com Deficiência, ressaltou o empenho da administração para a empregabilidade. “Jundiaí tem um trabalho intenso e isso tem sido fortalecidos nos últimos anos. Hoje é um dia emblemático, no qual queremos conscientizar as empresas de que a inclusão é possível”.

Representando o prefeito Luiz Fernando Machado, o gestor da Casa Civil, Gustavo Maryssael de Campos, afirmou que não há como ter uma sociedade equilibrada com exclusão. “Para isso, nossa cidade tem projetos eficientes, como Escola Inovadora, o portal de empregos para pessoas com deficiência e o PEAMA”. Ivanilde Oliveira de Jesus, presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência – que completou 25 anos em 2019 – também compôs a mesa de abertura.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/forum-discute-o-desafio-da-empregabilidade-para-pessoa-com-deficiencia/
Desenvolvido por CIJUN