Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

GAV precisa de voluntários

| 08/06/2014 | 00:05

Para tentar diminuir a incidência de suicídios, o Grupo de Apoio à Vida (GAV) quer ampliar seu horário de atendimento, mas precisa de mais voluntários. Um novo treinamento será realizado em julho, para quem se interessar.

Hoje, o GAV funciona das 13 às 22 horas durante a semana (sendo que das 13h às 17h o atendimento pode ser feito pessoalmente e no resto do horário é por telefone apenas) e das 13 às 17 horas aos finais de semana.

Os treinamentos ocorrerão no sábado, 19 de julho, das 14 às 17 horas, e domingo, 20 de julho, das 9 às 12 horas. Ele inclui teoria e um simulado prático de como fazer um atendimento. De acordo com a coordenadora do GAV, Bernadete Amaral Carneiro, quanto mais voluntários, melhor.

“Estamos trazendo outros voluntários para que as pessoas possam desabafar e, com isso, possamos evitar casos de suicídio na região.” Voluntário há apenas uma semana, Jorge Murari Filho já sente o quanto o trabalho pode ser importante. “Eu trabalho no Velório Municipal e sei que há muitos casos de suicídio, isso me levou a me voluntariar.”

Para os voluntários, o mais complicado é conseguir não esboçar opinião durante o desabafo das pessoas. “Nós precisamos ouvir, mas não aconselhar. Só ajudamos a pessoa a encontrar o sentimento por trás da sua angústia e, com isso, se sentir melhor, se sentir aliviado”, conta Jorge.

O telefone do GAV é 4521-4141.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/gav-precisa-de-voluntarios/
Desenvolvido por CIJUN