Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Golpes de leilão para venda de carros on-line aumentam 60%

Márcia Mazzei | 25/06/2020 | 10:00

O autônomo Cleberson Eduardo Franco, de 37 anos, foi vítima de um golpe ao tentar comprar um carro em um leilão on-line. Ele entrou em um site para dar o lance no veículo, que custava R$ 32 mil, mas após fazer a transferência bancária e custear R$ 450 aos supostos organizadores de leilão, percebeu que havia caído em um golpe. “Eu cheguei a ligar. As primeiras vezes até me atenderam, mas depois me ignoraram. Fiz boletim de ocorrência, mas sei que nunca mais verei a cor deste dinheiro”, lamenta.

Franco é uma das várias vítimas deste tipo de golpe aplicado por quadrilhas especializadas. Todos os dias, segundo especialistas da área de leilão, novos sites falsos são criados na web. Segundo o leiloeiro oficial do Sato Leilões, Antônio Hissao Sato Junior, a obrigatoriedade da realização dos leilões em formato on-line por conta da pandemia do novo coronavírus, contribuiu para o aumento dos golpes. Os golpistas agem de maneira profissional e as pessoas acreditam estar fazendo um bom negócio.

O leiloeiro Hissao Sato Júnior alerta que hoje são 800 sites falsos no mercado

“Acreditamos que os golpes atingiram a faixa de 60%, pois hoje, existem mais de 800 sites falsos no mercado”, diz o leiloeiro.

O leiloeiro Marcelo Fuad Cavalli Yarid atua com leilão há mais de 20 anos e tem observado o número crescente de sites falsos e com uma dinâmica rápida para sair fora do ar e com a criação de novos nomes. “São quadrilhas especializadas agindo que conseguem movimentar em um único dia, milhões de reais”.

Leiloeiro Marcelo Fuad Yarid diz que há quadrilhas especializadas no país

Sato alerta para os golpistas que exibem ofertas tentadoras do produto em falsas operações para atrair a atenção de potenciais vítimas. “Para enganar o usuário chegam a replicar a identidade visual de algum site de boa reputação para roubar dados de usuários e aplicar golpes. É preciso verificar muito bem antes de se cadastrar e fornecer seus dados na internet”, revela.

Outras dicas

  • Atenção à Privacidade: é recomendável não partilhar seus dados nas redes sociais
  • Verifique se o leiloeiro é idôneo: pesquise no site da Junta Comercial
  • Confira pessoalmente o que será arrematado: é importante que exista o endereço fixo
  • Confira todos os dados bancários do leiloeiro: Não pague valor a qualquer pessoa

Leia mais sobre | | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/golpes-de-leilao-para-venda-de-carros-on-line-aumentam-60/
Desenvolvido por CIJUN