Jundiaí

Grupo de combate ao tabagismo começa em setembro


T_inauguracao_Upa-Novo-Horizonte-108 (1)
Crédito: Reprodução/Internet
O Programa de Assistência Intensiva ao Tabagista (Pait) comemora 12 anos em agosto com quase 6 mil pessoas atendidas e índice de sucesso no abandono do tabaco superior a 80%. Desenvolvido pela Prefeitura de Jundiaí, passa a fazer parte das ações em grupos desenvolvidas pela Clínica da Família Novo Horizonte no próximo mês. A primeira turma será iniciada no dia 30 de setembro. “O Pait é um programa consagrado pela excelência no atendimento às pessoas interessadas em parar de fumar. A sistemática utilizada, baseada em encontros multidisciplinares passa a fazer parte da Clínica da Família. As Novas UBSs também possuem os grupos, sejam de forma permanente, como na Maringá, ou itinerante, como no Jardim Tulipas. Saúde não é somente cuidar das doenças, é promover qualidade de vida com atividades e ferramentas como o Pait, que já mudou a vida de milhares de pessoas”, argumenta o prefeito Luiz Fernando Machado. O índice de abandono da doença tabagista a partir da participação no programa é superior a 80%, por isso, a procura pelo atendimento tem crescido e os grupos itinerantes têm garantido o atendimento descentralizado. Segundo o coordenador do programa, Carlos Costa, Jundiaí, somente neste ano, realizou o atendimento de 300 pessoas, com grupos itinerantes em várias Unidades Básicas de Saúde (UBSs). “Neste mês de agosto completamos 12 de anos de atuação, com um histórico de atendimento de quase 6 mil pessoas, entre as atividades feitas no Núcleo Integrado de Saúde (NIS), Complexo Argos ou nas UBSs. Agora teremos na Clínica da Família, uma região grande e com demanda pelo atendimento”, explica. Segundo o coordenador, a inscrição para a participação do grupo deverá ser feita diretamente na Clínica da Família para os moradores daquela região. Já os demais bairros, podem buscar pela UBS de referência e solicitar pelo atendimento e inclusão em grupo mais próximo. Ainda há a opção dos encontros realizados de forma centralizada e abertos a novos interessados, no Complexo Argos (segundas às 18h) e no NIS (terças e quartas-feiras, às 14h). O atendimento é gratuito. Pedro Odair Frare, 75 anos, passou pelo grupo realizado na UBS Agapeama/Vila Esperança, realizado em abril passado. “Estou há 95 dias sem colocar um cigarro na boca. Abandonei o vício que me perseguia há 40 anos após participar dos encontros. Minha vida mudou. Tenho melhor respiração e melhor paladar. Agora tenho disposição para brincar com o meu neto”, comemora o metalúrgico aposentado. Capacitação A equipe do Pait, da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), realizará nos dias 11 e 12 de setembro, capacitação para profissionais de saúde de Jundiaí e região para a formação com base no modelo multidisciplinar utilizado pelo município. As inscrições serão abertas no site da Prefeitura de Jundiaí. “O consumo de tabaco, em suas mais variadas formas, acarreta diversos males ao organismo, facilitando e agravando problemas respiratórios, câncer de boca, laringe e pulmão, além de outras debilidades. Com o atendimento multidisciplinar, o tabagista é acompanhado em encontros semanais realizados por vários especialistas, que exploram o assunto de forma didática, oferecendo o apoio medicamentoso, se necessário. A conversa em grupo e a troca de experiências colabora com o engajamento ao tratamento”, detalha o coordenador Costa.

Notícias relevantes: