Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Homem plantava skank em estufas no Centro de Jundiaí

COLABORAÇÃO DE FELIPE CARDOSO | 10/04/2019 | 08:41

Após denúncia anônima, a Polícia Militar de Jundiaí prendeu, na tarde de ontem (9), um homem de 31 anos suspeito de tráfico de drogas e responsável por uma plantação de skank em uma casa no Centro da cidade.
Na residência, localizada na rua Zacarias de Góes, foram encontrados pés de skank, um tipo de maconha mais forte, com mais odor e dotadas de maior concentração de substâncias psicoativas produzidas mediante a cruzamentos de várias espécies do mesmo gênero, além de estufas que o jovem utilizava para o tratamento da planta antes de ser colhida e embalada para comercialização. “No total eram três estufas que ele usava para plantar e cultivar a droga. Duas ainda estavam sem ser usadas mas na outra encontramos oito pés da planta, uns já mais desenvolvidos e outros ainda no início da plantação”, afirmou o tenente Jefferson Iuri Rocha, responsável pela operação.
De acordo com o tenente, foram revistadas três casas, todas em Jundiaí. Na terceira, um outro suspeito conseguiu fugir e nada foi encontrado além das estufas.
O suspeito preso é de família de classe alta da cidade e utilizava a residência do Centro apenas para a produção da droga. Em seu endereço fixo – segundo local revistado pela polícia – no bairro Jardim Brasil, os policiais ainda encontraram um envelope no bolso de uma jaqueta com cerca de R$ 40 mil. “O suspeito afirmou que vendia a droga para clientes de classe média/alta, pois a planta tinha um custo elevado. Ele nos informou que cada grama de skank era vendida por R$ 30 e que normalmente realizava vendas a cima de 100 gramas, recebendo no mínimo R$ 3 mil por transação”, afirmou o tenente.
Além do dinheiro, outra grande quantia da droga foi apreendida na casa do suspeito, já pronta para ser vendida. “Haviam oito potes grandes, cheios de skank, já pronto para ser comercializado. Achamos também um envelope com sementes que ele utilizaria para aumentar sua plantação no futuro. Essas sementes, segundo o próprio preso, eram compradas por ele mesmo via internet”, relata o tenente.
No quarto do suspeito a polícia encontrou uma espécie de vinícola para conservar a droga e suas substâncias específicas.

DENÚNCIA
A ação ocorreu após os policiais receberem uma denúncia anônima comunicando sobre a suspeita do funcionamento da plantação de maconha na casa.
A equipe da PM foi até o local verificar a veracidade dos fatos e começou a rondar o endereço, monitorando se havia algum movimento. Poucas horas depois o suspeito chegou e foi abordado pelos policiais. “Perguntamos se havia algo ilícito na parte interna da residência mas ele negou e até perguntou se queríamos ver. Foi aí que pudemos entrar, localizar a droga e efetuar a prisão em flagrante”, detalha Rocha. Foi registrado um boletim de ocorrência sobre prisão em flagrante de tráfico de entorpecentes e o suspeito permanecerá preso até o veredicto da audiência que será realizada nesta quarta-feira (10) sobre o caso.

ESTUFA DE MACONHA EM RESIDENCIA NA RUA ZACARIAS DE GOES POLICIA


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/homem-plantava-skank-em-estufas-no-centro-de-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN