Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Hortolândia terá Clínica da Família e Pré-hospitalar

DA REDAÇÃO | 11/07/2019 | 05:00

Com investimento de R$ 3 milhões do programa ‘Avança Jundiaí’, a construção localizada na rua Campinas, na Vila Hortolândia, receberá o mesmo modelo de atendimento resolutivo aplicado na Região Oeste da cidade: Clínica da Família e uma Unidade Pré-Hospitalar 12H. Com oferta de exames de raio-x, ultrassonografia, eletrocardiograma e análises clínicas, o prédio unirá a Atenção Básica – com promoção e prevenção de saúde, humanização e acolhimento, além dos programas ‘Guardião da Saúde’ e ‘Posso Ajudar’ – e o atendimento de urgência e emergência, que garante a resolutividade de até 95% dos 9 mil atendimentos estimados mensalmente.

“O prédio, que antes abrigaria apenas um equipamento, passou por readequações e contará, assim como na Região Oeste, com modelo de atendimento que recebeu o Prêmio Inovacidade – nacional – pela resolutividade. O mesmo sistema que zerou as filas de espera para raio-x e ultrassom para uma região com mais de 140 mil pessoas, será implementado na Vila Hortolândia, em um espaço construído exclusivamente para o atendimento em saúde, acessível e humanizado. Esse não será o único investimento que a cidade fará, buscando a excelência na oferta em Saúde”, comenta o Prefeito Luiz Fernando Machado.

A obra está em fase de orçamento pela Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e tem todos os projetos já concluídos. Após, será encaminhada para a abertura de licitação para a construção. O prédio será dividido em dois andares, sendo o térreo destinado para o atendimento da Unidade Pré-Hospitalar, com acesso exclusivo, inclusive com entrada para ambulâncias. “A Unidade Pré-Hospitalar 12H da Vila Hortolândia receberá o atendimento que hoje é feito pelo PA Hortolândia, acrescido de exames, garantindo a resolutividade de 95%. Por lá, passam, atualmente, cerca de 7 mil pessoas por mês. A expectativa é que o movimento, com o novo modelo de atendimento resolutivo, seja de 9 mil pessoas por mês”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

A Unidade Pré-Hospitalar 12H contará com 1 mil ultrassons disponíveis, 2 mil raio-x e 350 eletrocardiogramas, que atenderão, além dos casos de urgência e emergência, as populações referenciadas atualmente pelas das Unidades Básicas de Saúde Morada das Vinhas, Centenário, Corrupira e Vila Marlene, além da própria Vila Hortolândia.

Já a Clínica da Família Hortolândia – localizada no primeiro andar, com elevador e entrada exclusiva – é moldada para contar com 13 consultórios genéricos (atendimento médico ou de enfermagem), 3 consultórios odontológicos, ampla sala de espera, pós-consulta, sala de vacina, de procedimentos, coleta, gerência, sala de reunião e sala multiuso para atender a uma população de 30 mil usuários diretamente. O gestor explica que o serviço é baseado no modelo de Estratégia de Saúde da Família (ESF), quando cada pessoa é referenciada para uma equipe (composta por médico, enfermeiro, técnicos, dentistas e agente de saúde) que o atenderá o paciente em todas as suas necessidades.

A dispensação de medicação, orientação farmacêutica, juntamente com a sala para atividades em grupos serão alocadas no endereço onde hoje funciona a UBS Hortolândia (rua Monsenhor Emílio José Salin, 110). O prédio será reformado e se transformará em Casa de Apoio, agregando o terreno ao lado para a construção do estacionamento.

Obra
A construção estava paralisada desde 2017, quando a empresa não deu continuidade ao trabalho e solicitou a rescisão contratual. Com o investimento de R$ 3 milhões, serão construídos 1,5 mil metros quadrados (área total 2 mil metros quadrados), adequados para o menor impacto da construção já realizada. “A equipe de projetos trabalhou para minimizar as adequações e aproveitar os espaços fazendo o reposicionamento das salas e ampliando as áreas de recepção e separando as entradas, manobra que organizará o fluxo de atendimento da população”, garante o gestor.

O projeto, além de visar a acessibilidade para a população, também reduz o impacto ao meio ambiente, já que contará com dispositivos economizadores de água nas torneiras e descargas além de lâmpadas de LED, que garantem melhor luminosidade e menor gasto energético.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/hortolandia-tera-clinica-da-familia-e-pre-hospitalar/
Desenvolvido por CIJUN