Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Hospital São Vicente registra recorde de cirurgias em outubro

DA REDAÇÃO | 18/11/2018 | 11:00

O diretor de arte e criação Michel Frey se mudou para Jundiaí em 2009 para, segundo ele, fugir da “rotina estressante” de São Paulo. No ano passado, os efeitos dos anos que viveu na capital apareceram e isso quase custou a sua vida. “Estava no trabalho e comecei a passar mal. Minha esposa me levou ao Hospital São Vicente de Paulo, onde fui encaminhado direto para a Emergência. Fiquei 19 dias na UTI e fui operado. Eu enfartei e os médicos tiveram de colocar três pontes de safena”, conta.

Hoje levando uma vida normal, Frey não economiza nos elogios ao atendimento que recebeu. “Toda a equipe do hospital me tratou de forma muito profissional e humanizada. Eu nunca tinha utilizado o São Vicente e conhecia o hospital só de nome.  Fiquei muito impressionado. Espero não precisar novamente, mas, se isso ocorrer, é lá que vou buscar atendimento”, garante.

Uma história semelhante tem o segurança Alessandro Rodrigues da Silva. Ele sofreu um acidente de moto em 2016 e teve de passar por duas cirurgias. “Nunca tinha ido ao hospital e quando precisei fui atendido de forma eficiente e ágil”, conta.  Atualmente, ele se prepara para uma terceira cirurgia, a ser realizada ainda este ano. “Estou fazendo os exames específicos e até dezembro vou operar os ligamentos do ombro esquerdo para melhorar os movimentos do braço”, explica.

Casos como os de Michel e Alessandro são cada vez mais comuns. E para dar conta do aumento da demanda, o hospital São Vicente de Paulo tem focado na otimização dos recursos para elevar a eficiência e, desta forma, ampliar o atendimento. A mudança já surte efeito: em outubro, foram realizadas 637 cirurgias na instituição, o maior volume mensal dos últimos cinco anos. A média deste ano é de 575 procedimentos por mês, ante uma média de 512 registrada em 2016.

O superintendente do São Vicente, Matheus Gomes, explica que a nova dinâmica de atendimento é o que tem proporcionado esse aumento da produtividade. “Há uma melhora significativa no fluxo do centro cirúrgico, que permite a liberação de leitos de forma mais ágil, o que abre espaço para mais cirurgias. Estamos conseguindo também reduzir o tempo de internação, sem prejuízo aos pacientes. O resultado é fruto de uma mudança de gestão focada na eficiência, utilizando a mesma estrutura”, destaca.

De acordo com Matheus, a maioria dos pacientes chega ao centro cirúrgico pelo Pronto Socorro, mas há também um bom número de cirurgias eletivas de média e alta complexidade que são realizadas todos os meses. “A maior integração com o Hospital Regional, que vem absorvendo mais procedimentos de baixa complexidade, também é outro fator que tem contribuído para melhorar o nosso atendimento”, acrescenta o superintendente. As quatro principais cirurgias realizadas pelo hospital todos os meses são das áreas de ortopedia, cirurgia geral (hérnia, vesícula, úlcera, entre outras), urologia e oncologia.

T_centro cirurgico (6) (1)


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/hospital-sao-vicente-registra-recorde-de-cirurgias-em-outubro/
Desenvolvido por CIJUN