Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

HSVP tem 15 pacientes suspeitos de covid-19 em estado grave

Édi Gomes | 26/03/2020 | 13:17

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Vicente de Paulo, com capacidade para 16 leitos, registra a internação de 15 pacientes com suspeita de contaminação por coronavírus (covid-19), em estado grave. Deste total 11 apresentam quadro de insuficiência respiratória e utilizam aparelho de ventilação mecânica. Outros 23 leitos foram adaptados na Clínica Feminina e agora totalizam 39 vagas na UTI.

A assessoria de imprensa do hospital informou que dentro do plano de atendimento voltado a pacientes graves com suspeita do covid-19 não há superlotação. Para atender o fluxo, algumas adequações das equipes foram realizadas temporariamente. Até o momento, o plano de contingência está sendo seguido, mas nada impede que novas decisões sejam tomadas no decorrer do possível aumento da demanda.

Segundo a assessoria, o monitoramento está sendo feito pelo Comitê de Enfrentamento ao Covid-19, que além de atualizar os dados adequa e define todos os passos que serão adotados no tratamento dos pacientes. Ações como a garantia dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para todos os profissionais envolvidos nos atendimentos e a campanha interna de vacinação dos funcionários contra a gripe influenza foram implantadas.

Em contrapartida o movimento do Pronto Atendimento Central continua abaixo da média, com o registro de 182 atendimento. No PA Hortolândia foram 94 registros e no PA do Retiro, 61. As queixas continuam relacionadas a este período do outono que tem a tendência de aumentar os casos de gripe, tosse e problemas respiratórios.

Universitário

No Hospital Universitário de Jundiaí (HU) também registrou procura abaixo da normalidade. No Pronto Socorro Ginecologia / Obstetrícia, 64 mulheres foram atendias e no Pronto Socorro Infantil, 46 crianças passaram por consultas ou procedimentos. A unidade segue com as visitas suspensas.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/hsvp-tem-15-pacientes-suspeitos-de-covid-19-em-estado-grave/
Desenvolvido por CIJUN