Jundiaí

Iniciativa de jovens incentiva aprendizagem



Crédito: Reprodução/Internet
Quatro estudantes de Jundiaí, dois deles cursando o terceiro ano do ensino médio, e dois que já entraram na faculdade, têm realizado uma iniciativa para ajudar e incentivar alunos mais jovens, do sexto ao nono ano, a aprofundarem seus estudos e participarem das olimpíadas de matemática. Gabriel Guerra Trigo, de 17 anos, Arthur Belvel Fernandes, de 16, Felipe Seiji Yamamoto, de 17, e Fernando Ribeiro Senna, de 19, são os idealizadores de um projeto, realizado na Escola Municipal Diógenes Duarte Paes, com aulas de matemática, todos os sábados, focadas em assuntos mais aprofundados e voltados às olimpíadas. Gabriel foi o primeiro a tomar a iniciativa e, ao perceber que muitos alunos aderiram, convocou os amigos, que toparam na hora. “Quando comecei a me interessar por esses assuntos, algo que sempre me ajudou foi observar as pessoas mais velhas. Então a ideia do projeto nasceu pelo fato de que, pra mim, eu ouvir o exemplo de um estudante, não necessariamente um professor, me fez aprender muitas coisas” conta. Todos eles já participaram de diversas olimpíadas, nacionais e internacionais, e colecionam premiações. Gabriel, inclusive, já foi a países como Israel, Holanda, China e Rússia para as etapas mundiais das competições. “Israel, por exemplo, é um país que eu não pensaria em conhecer se não fosse nessa situação, mas foi uma experiência inesquecível”, afirma. Arthur explica que ideia não é só que os alunos mais jovens ganhem prêmios e medalhas nas competições, mas sim prepará-los para futuros desafios importantes da vida, como os vestibulares. “Muitos jovens têm o sonho de entrar em uma escola técnica, mas os vestibulinhos são muito difíceis. Se nós conseguirmos ajudá-los a ingressar, eles podem até já sair de lá empregados” relata. A diretora da escola, Sandra Cristina Silva de Paula, conta que ao ouvir a proposta dos meninos topou logo de cara, e que as atividades aos sábados colaboraram inclusive para um melhor comportamento dos alunos durante as aulas. “Depois que eles começaram a vir aqui e dar essas aulas aos sábados, os alunos passaram a se interessar mais pelas disciplinas, principalmente a matemática. E os nossos alunos que participam das olimpíadas começam a ser bem vistos pelos colegas e servem de incentivo para que todos não só participem, como criem o interesse em estudar, e vejam isso como algo importante e divertido”, ressalta

Notícias relevantes: