Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Inscrição do Enem deve chegar a 10 mil em Jundiaí

SIMONE DE OLIVEIRA | 08/05/2019 | 05:00

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 vão até o dia 17 de maio em todo o país e os participantes devem fazê-las exclusivamente pela internet, segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em Jundiaí, os estudantes já estão se inscrevendo, e segundo a organização, o número de interessados deve ficar entre 10 a 12 mil inscritos, a média dos últimos anos na cidade.

E para aguentar a maratona de provas os estudantes têm se dedicado a estudos extras. Segundo a coordenadora pedagógica de um cursinho de Jundiaí, Odete Anholon, a cada ano as provas são mais exigentes e exaustivas. Não apenas o conteúdo aplicado, mas principalmente o ritmo que o exame tem se apresentado. “As questões são muito bem elaboradas, mas ainda um conteúdo exaustivo para poucos dias de provas. Desde o ano passado temos percebido que os alunos precisam ter um nível de atenção muito grande e por isso começam a estudar já no início do ano.”

É o que tem feito a estudante Giovanna Thomazi Anholon, 19 anos. É a terceira vez que deseja prestar vestibular e para ela tem sido uma maratona de estudos porque está de olho em uma universidade estadual para o curso de Medicina. “Os conteúdos exigidos são aqueles que aprendemos no Ensino Médio, além disto, tem a redação e, dependendo do tema, é preciso muita concentração.”

Para ter um bom resultado, Roberta de Souza Lambert, 20 anos, faz cursinho todos os dias. São 12 horas diárias dedicadas e focadas. A estudante diz que só fará a inscrição na próxima semana. “Já tivemos problemas com o site, então prefiro esperar alguns dias antes de efetivar minha inscrição”, diz Roberta que fará o Enem pela quarta vez.

Sabendo que exame é muito parecido com uma prova de vestibular, Renan Souza Ferreira, de 17 anos, fez um treino no ano passado e diz que não foi muito bem. Mas para este ano, como está focado no curso de Medicina, o esforço tem sido maior e a vontade também. “Fiz a inscrição logo no primeiro dia e deu tudo certo. No ano passado eu não estava muito preparado, mas agora tenho me empenhado mais. São conteúdos que aprendemos, então é só estudar”, diz o estudante.

PROGRAMAÇÃO
As provas acontecem em novembro, sendo dia 3 (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias / Redação / Ciências Humanas e suas Tecnologias); e dia 10 (Ciências da Natureza e suas Tecnologias / Matemática e suas Tecnologias).

A taxa de inscrição custa R$ 85 e deve ser paga até o dia 23 de maio, de acordo com o cronograma do exame que pode ser conferido pelo site https://enem.inep.gov.br/crono#cronograma.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir ainda este ano pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior, de bolsas de estudo ou de financiamento estudantil.

T_cursinho_renan2


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/inscricao-do-enem-deve-chegar-a-10-mil-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN