Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jogo de xadrez para incluir e educar

GUILHERME BARROS | 30/01/2020 | 05:00

A prática de esportes é uma importante aliada no que diz respeito à disciplina e concentração. Alguns mais específicos, como o xadrez, vai muito além disso. Em Jundiaí, um fanático pela modalidade resolveu dar sua contribuição às crianças e adolescentes que queiram aprender a modalidade. Nasce assim o projeto social ‘Xadrez para Todos’.

Apaixonado pela modalidade, Iliandro Oliveira Roque, de 42 anos, criou o projeto social ‘Xadrez para Todos’. Reunindo crianças do Jardim Novo Horizonte e Vila Nambi, ele atrai a atenção de pelo menos 55 alunos. “Eu aprendi a jogar com 18 anos e nunca mais parei. Quando fui morar no Espírito Santo eu desenvolvi um projeto e apresentei para a Prefeitura de lá. Inclusive, hoje em dia a cidade é considerada a que mais pratica xadrez em todo o Estado”, comenta o professor voluntário.

Os alunos são treinados na sede da Associação Amigos do Bairro, tanto da Vila Nambi quanto do Jardim Novo Horizonte. “O que notei depois que lancei o projeto foi que as crianças pararam de discutir tanto. Eles aprendem de forma individual, mas desenvolvem o respeito pelo próximo. Isso me orgulha bastante”, continua.

A estudante Gabriela Honorato Nascimento, de 11 anos, aproveita as férias para aprimorar a técnica. Ela pratica o esporte há mais de 1 ano e já sente as melhorias, principalmente cognitivas. “Hoje eu tenho mais concentração na escola, além de melhorar meu desempenho em matemática. Minha ansiedade também diminuiu”, enfatiza.

Outro aluno, Henrique Sales dos Santos, de 11 anos, desenvolveu algumas habilidades depois de 1 ano e meio de prática, principalmente a paciência. Ele conta que andava agressivo com os colegas e foi orientado a procurar uma modalidade esportiva. “Hoje me sinto mais tranquilo e concentrado”, garante.

IDIOMAS
O professor comenta que até o idioma pode ser aperfeiçoado com a prática do xadrez, mesmo sendo um esporte onde o silêncio reina. “Os livros de xadrez são em sua maioria em inglês e espanhol. As crianças e adolescentes, quando os lêem, aprendem também outras línguas”, enfatiza.

Ele conta que algumas alunas que passaram pelo projeto participaram e foram campeãs dos Jogos Regionais do ano passado.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jogo-de-xadrez-para-incluir-e-educar/
Desenvolvido por CIJUN