Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Juizado acaba com ‘proibidão’

FÁBIO ESTEVAM | 29/07/2019 | 21:07

Guardas municipais e comissários de menores da Vara da Infância e Juventude de Jundiaí acabaram com um baile funk regado à drogas e com a presença de menores de idade, que estava sendo realizado na madrugada de sábado (27) numa chácara na avenida Navarro de Andrade, no bairro Parque Centenário, em Jundiaí. A ação foi ordenada pelo juiz Jefferson Barbin Torelli, após o Comissariado de Menores receber denúncia anônima sobre a realização do evento.

De acordo com Torelli, as ações devem continuar na medida em que denúncias anônimas continuarem sendo feitas. “Ações como esta diminuíram recentemente, porque os comissários estão sempre atentos às redes sociais, o que inibe a realização desses eventos. Mas sempre que surgirem denúncias como esta, nós certamente vamos agir”, salienta

Cerca de 200 pessoas estavam no local durante a batida, motivo pelo qual a ação, que teve início na noite de sábado, só tivesse um final durante a madrugada de domingo.

Segundo a Guarda Municipal, os agentes constataram o uso de drogas e bebidas alcoólicas. A venda era feita no próprio local, como se fosse um bar improvisado para o evento.

Foram encontrados pelas equipes uma mochila com 15 “buchas” de maconha, 20 frascos de lança-perfume, uma garrafa contendo quase um litro da mesma droga, além de 52 invólucros vazios, idênticos àqueles utilizados para armazenar a droga.

Também em uma mochila foram encontrados quatro latas de cerveja, uma faca de cozinha, uma réplica de fuzil, uma carabina de pressão (mais duas caixas de chumbinho) e uma arma de airsoft (com um invólucro de munições) – ambas sem nota fiscal.

Em um dos cômodos foram encontradas duas menores de idade, que estavam em companhia de uma maior, (21 anos), moradora no Jardim Planalto. Um homem de 27 anos, morador no bairro Gramadão, identificou-se como sendo o proprietário da réplica do fuzil.

Duas pessoas foram identificadas como organizadoras do evento e serão investigados, mas negaram saber sobre a origem das drogas encontradas no local, bem como negaram que os adolescentes presentes teriam consumido drogas ou bebidas alcoólicas.

Os responsáveis pelos menores compareceram à Delegacia, sendo os mesmos liberados. Também seis maiores de idade, todos homens, foram conduzidos ao plantão policial.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/juizado-acaba-com-proibidao/
Desenvolvido por CIJUN