Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí aparece na lista do MS com ‘surto ativo de sarampo’

SIMONE DE OLIVEIRA | 09/08/2019 | 05:01

O Ministério da Saúde divulgou esta semana a lista dos 59 municípios brasileiros com surto ativo de sarampo, sendo que no Estado de São Paulo, cidades como Francisco Morato, Campinas e Jundiaí são citadas. No município há apenas um caso confirmado da doença e quase 20 sendo investigados: o boletim da doença será atualizado hoje.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, órgão da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), este único caso não se configura como surto. A unidade reforça que os critérios utilizados pelo Ministério da Saúde não foram apresentados para justificar a classificação de Jundiaí e de outros municípios na lista dos citados com ‘surto ativo de sarampo’.

Dentro desta situação epidemiológica, não haverá a necessidade de modificação nas ações já colocadas em prática na cidade, como acontece em outras cidades do Estado. Permanece assim a orientação de vacinação para pessoas nascidas a partir de 1960, havendo a necessidade de registro de duas doses para quem tem até 29 anos e 1 dose para quem tem 30 anos ou mais.

O sistema de bloqueio também permanece o mesmo, ou seja, realizado com os comunicantes do suspeito e realizado conforme determinação dos técnicos da Vigilância Epidemiológica de Jundiaí. E, diferentemente de algumas cidades, a quantidade de doses de vacina contra a doença é suficiente para o atendimento uma vez que foi liberada normalmente pela secretaria.

A imunização nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Clínica da Família e Novas UBSs teve aumento de 174% no mês de julho em relação ao mês de junho, deste ano. A cidade conta com 100% de crianças de um ano vacinadas contra o sarampo (dado apurado até maio).

SEM CERTIFICADO
Em 2016, depois do controle do surto, o Brasil recebeu o Certificado de Eliminação do Sarampo, emitido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), porém perdeu o mesmo em fevereiro deste ano.

Entre maio e agosto deste ano já foram confirmados 907 casos de sarampo no Brasil, em três estados: São Paulo (901), Rio de Janeiro (5) e Bahia (1). No estado de São Paulo, por exemplo, os casos subiram para 633 no mês de julho, aumentando 30% em 11 dias.

O país não registrava casos autóctones da doença (adquirido no local onde mora) desde o ano 2000. Os surtos reapareceram no país a partir de 2013, nos estados do Ceará e Pernambuco.

PARTICULARES
Procurados pela reportagem do JJ, os hospitais particulares de Jundiaí falaram sobre a situação. Até o momento não há nenhum caso confirmado de sarampo registrado na unidade do Hospital Pitangueiras. Quando há suspeita de algum caso, o exame é realizado pelo instituto Adolf Lutz, em São Paulo.
Os Hospitais da Unimed e Paulo Sacramento não retornaram até o fechamento desta edição.


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-aparece-na-lista-do-ms-com-surto-ativo-de-sarampo/
Desenvolvido por CIJUN