Jundiaí

Jundiaí conta com 236 leitos de UTI e 659 de enfermaria


T_AM242287940013_Easy-Resize.com_Easy-Resize.com
Crédito: Reprodução/Internet
Um mapeamento realizado pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) indica que Jundiaí possui um total de 236 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) entre os hospitais públicos e privados e 659 eleitos de enfermaria. Em atendimento exclusivo para o coronavírus pela rede pública são 117 leitos de UTI, 120 de enfermaria, além de outros 50 que podem ser criados em hospital de campanha na sede do 12º Grupo de Artilharia e Campanha (GAC) para o atendimento de casos menos graves de pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG). O CEC aguarda ainda informações de cada hospital da rede particular para o mapeamento dos equipamentos específicos de cada instituição. O prazo termina no final desta semana. A rede particular conta, em sua estrutura total, com 115 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 323 leitos de enfermaria. O Hospital São Vicente de Paulo (HSV) passou de 16 para 117 leitos. Além desses, o Hospital Regional disponibiliza 120 leitos exclusivos de enfermaria em caso de necessidade e outros oito leitos de UTI exclusivos, em uma parceria com o HSV. Apesar de não divulgar o número de leitos por estratégia, o Hospital Pitangueiras está trabalha dentro de sua capacidade e está integralmente mobilizado para fazer frente à pandemia. Em nota, a instituição diz que um plano de contingência sistêmico foi acionado, englobando o reforço dos estoques de medicamentos e insumos, a reorganização dos fluxos de atendimento, ajuste nos critérios de visita e a contratação de profissionais de saúde. O Hospital Santa Elisa tem atualmente 10 leitos de UTI e a possibilidade de dobrar a capacidade para 20. Segundo Augusto Melo Rosa, diretor administrativo, o Santa Elisa continua os procedimentos de obstetrícia, seguindo os protocolos de combate ao coronavírus e até o momento não registrou casos positivos da doença. A Intermédica NotreDame informou que preparou centros clínicos na rede própria para receber beneficiários com sintomas de covid-19. A unidade é exclusivo para tratamentos relacionados a síndromes gripais.

Notícias relevantes: