Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí está entre cidades com maior número de mortes por covid-19

Kátia Appolinário | 28/04/2020 | 05:50

Com 13 mortes confirmadas por coronavírus, Jundiaí ocupava até o último domingo (26), o 9º lugar entre as cidades com maior quantidade de óbitos pela doença. O levantamento foi realizado pela Secretaria Estadual de Saúde e disponibilizado no portal on-line.

Dos 645 municípios, 131 já têm registro de uma ou mais vítimas fatais por covid-19. A doença também já infectou pessoas em 288 cidades do Estado. A cidade de São Paulo ocupa o posto de epicentro da doença. Até domingo registrava 1.114 mortos e uma taxa de letalidade de 8,2% (vide tabela). Na tarde de ontem (27) o número de falecimentos subiu para 1.825.

Em Jundiaí, até domingo a taxa de letalidade era de 15,9%, levando em conta 82 casos, mas de acordo com o boletim divulgado nesta segunda (27) pela Prefeitura Municipal, a taxa caiu para 9,5%, número sujeito a alterações de acordo com o aumento de casos e falecimentos.

A taxa de letalidade é calculada através da divisão de óbitos pela quantidade de casos positivos. Quanto maior for o número de pessoas testadas positivas menor será a taxa de letalidade se o número de mortes não subir.


Essa diferença estatística se deve ao delay necessário para que os dados sejam atualizados, uma vez que existe todo um processo de apuração até que os números, de fato, cheguem até a Secretaria do Estado de São Paulo. Além disso, o volume de dados é extenso, ou seja, são computados os números de todos os municípios do Estado, de acordo com o órgão. A Vigilância Epidemiológica (VE)também verificou essa deficiência nos dados do órgão estadual e está em contato para a atualização das planilhas utilizadas para a contagem.

Segundo a enfermeira da VE, Maria do Carmo Possidente, os casos e a taxa de letalidade são contabilizados diariamente com todo um respaldo. “A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Vigilância Epidemiológica (VE), recebe todos os resultados de exames realizados para a testagem de Sars-CoV-2, sejam nos serviços de saúde públicos e privados, bem como as notificações dos casos suspeitos. A partir desses dados é compilada a planilha divulgada diariamente no site da Prefeitura de Jundiaí”, explica.

NOVOS CASOS
Nos últimos sete dias, 44 novos casos de coronavírus foram registrados em Jundiaí. Assim, o município contabiliza 130 pacientes infectados, sendo 99 em isolamento domiciliar, 18 internados, além dos óbitos citados.

Os casos suspeitos tiveram queda de 50%. Até segunda (27), 45 pacientes estavam aguardando o resultado dos exames, sendo 33 em isolamento domiciliar, cinco internados e sete óbitos ainda estão sob investigação. Além destes, 208 casos já foram descartados, sendo 30 mortes. Outros 45 munícipes já se recuperaram da doença.

Na cidade, entre hospitais públicos e privados há 57 leitos ocupados por pacientes diagnosticados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo 23 por pacientes locais e 34 por moradores de cidades vizinhas.

 

ASSISTÊNCIA
Esperada pela população há décadas, o prédio da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim do Lago começou a funcionar ontem (27). O local será especificamente voltado para o atendimento de casos suspeitos de síndrome gripal, no modelo de Unidade Sentinela (US). O prédio tem mais de 540 metros quadrados de área construída e irá agregar o atendimento de saúde da Rede de Atenção Básica.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-esta-entre-cidades-com-maior-numero-de-mortes-por-covid-19/
Desenvolvido por CIJUN