Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí faz acompanhamento de saúde de 85% das famílias beneficiárias do Bolsa Família

vinícius scarton | 18/08/2018 | 11:10

No primeiro semestre deste ano, 85% das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em Jundiaí receberam acompanhamento de suas condições de saúde. O índice supera a média histórica do município, até então de 43%, e também a meta nacional de 73%, proposta pelo Ministério da Saúde. Segundo o gestor de Promoção da Saúde de Jundiaí, Tiago Texera, o indicador permite monitorar, especialmente, a carteira de vacinação em dia, peso e altura de crianças até 6 anos de idade e acompanhamento do pré-natal das gestantes.

“Tal medida tem por objetivo ofertar ações básicas, potencializando a melhora da qualidade de vida das famílias acompanhadas pelo programa, contribuindo para a inclusão social”, explica o gestor.

Para dobrar o índice de cobertura do acompanhamento, segundo Texera. a Unidade de Saúde começou um trabalho de capacitação dos profissionais responsáveis pelo programa, inclusive com treinamentos realizados em Brasília, que depois atuaram como multiplicadores.Bolsa Família

“Foi um trabalho integrado entre as unidades da Saúde e de Assistência e Desenvolvimento Social, que permitiu a sensibilização da população assistida pelo Programa Bolsa Família, envolvendo 4.040 famílias e 11.500 pessoas”, comenta.

Texera ressalta ainda que, além do treinamento dos profissionais, o papel de sensibilização das famílias ao procurarem os serviços de saúde contribuiu significativamente para Jundiaí alcançar esse índice. “O percentual alcançado permite um acompanhamento melhor da população mais vulnerável, que necessita de assistência à saúde”, diz.

Para o próximo semestre, o gestor destaca que a ideia é manter o índice de cobertura. “Replicaremos as ações do primeiro semestre, reforçando a importância das famílias assistidas pelo programa, procurarem os serviços de saúde da cidade”, resume.

BENEFICIÁRIA
Um dos exemplos é Jéssica Faganelo Costa, de 27 anos. Beneficiária do Bolsa Família há nove anos, ela conta que mantém seu registro sempre atualizado, tanto na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro quanto na escola, com a frequência das crianças. “As agentes comunitárias de saúde reforçam a importância de fazer a vacinação nos períodos corretos, além de manter o acompanhamento da saúde em dia. É importante para a nossa saúde e também para manter o benefício em dia”, alerta.

Sem emprego e com dois filhos pequenos (uma de 13 anos e outro de 4 anos), Jéssica recebe o valor depositado mensalmente pelo governo federal para compor a renda da família. “Às vezes consigo uma renda com venda de algum produto. O dinheiro do Bolsa Família é importante para comprar as coisas dos meninos, como alimentação e material escolar. Eles adoram estudar e isso garante um futuro para eles”, comenta a moça, que está terminando o ensino médio a partir da educação para jovens e adultos.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-faz-acompanhamento-de-saude-de-85-das-familias-beneficiarias-do-bolsa-familia/
Desenvolvido por CIJUN