Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí fecha o semestre com 2632 casos de dengue

DA REDAÇÃO | 06/07/2019 | 05:01

De acordo com o boletim da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), entre janeiro e julho deste ano, Jundiaí registrou 2.816 casos confirmados de dengue. Na última semana, a doença aumentou apenas 1,3%, já que na semana passada os índices apontavam 2779 casos.

A análise aponta a queda no registro de novos casos positivos em 88% na comparação entre os meses de abril e junho, porém, os cuidados para a eliminação dos possíveis criadouros de mosquitos transmissores – inclusive aqueles sem água – devem ser mantidos. A transmissão, apesar de menor na segunda quinzena de junho, permanece em alguns bairros do município, ressaltando a importância em manter o alerta para os moradores, já que 80% dos criadouros são identificados no interior de residências habitadas.

De acordo com o levantamento, o pico de ocorrência de dengue foi em abril, com 1.099 casos positivos, baixando para 929 em maio e 129 em junho. Já nos três primeiros meses a dinâmica foi inversa: 34 em janeiro, 131 em fevereiro e 494 em março. “A redução nos casos tem como fatores a queda na temperatura, diminuição de infestação do Aedes aegypti, ciclo de reprodução do mosquito ampliado e o intenso trabalho dos agentes de controle de zoonoses e das agentes comunitárias de saúde com a orientação feita em vistorias, ações de busca ativa e investigações epidemiológicas. Mas isso não significa que as medidas preventivas possam ser abandonadas”, detalha a biomédica da UVZ, Ana Lúcia de Castro.

Juntas, as cidades de Itupeva, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista somam 638 casos positivos de dengue. As demais do AUJ (Louveira e Cabreúva) não retornaram até o final desta edição.

Outras doenças
A unidade informa que Jundiaí não registra nenhum caso de sarampo, apesar das duas notificações (sendo um descartado e um em aguardando resultado). Quanto a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a cidade registra 37 notificações, com 15 suspeitos no aguardo de resultados e dois confirmados (H1N1).

A Vigilância Epidemiológica (VE) e ainda registra 17 notificações de febre maculosa, com um caso em aguardo de resultado.

 


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-fecha-o-semestre-com-2632-casos-de-dengue/
Desenvolvido por CIJUN