Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí irá aumentar o monitoramento em rodovias

Angelo Augusto | 14/11/2019 | 05:00

Será assinado hoje (14), no gabinete do prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado (PSDB), acordo de cooperação técnica entre a Prefeitura de Jundiaí e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para o compartilhamento de imagens dos sistemas de videomonitoramento municipal. Na prática, a PRF terá acesso às imagens do sistema de Jundiaí e o município poderá contar com os registros feitos nos acessos às rodovias, que pertencem ao sistema federal e fazem parte do programa Alerta Brasil.

O acordo de cooperação tem por objetivo desenvolver ações voltadas ao enfrentamento da violência e da criminalidade, e estabelecer procedimentos de cooperação técnica e operacional entre as duas partes: em especial, o intercâmbio de conhecimentos, informações, dados e tecnologias.

O prefeito Luiz Fernando Machado afirma que o acordo será de suma importância para o aumento na segurança não só em Jundiaí, como em toda a região. “As ações conjuntas irão ampliar o compartilhamento de informações com a Polícia Rodoviária e resultarão, por exemplo, no aumento no número de recuperação de veículos roubados. Jundiaí é uma cidade que tem inúmeros acessos a diferentes rodovias e esses pontos serão fortemente monitorados. Vale lembrar também que o acordo trata de compartilhar imagens de sistemas que já estão implantados, o que não gerará nenhum tipo de custo adicional com novos equipamentos”, responde.

O gestor de segurança pública da Prefeitura de Jundiaí, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel, o Jacó, reitera a importância do uso da tecnologia e dos serviços de inteligência para o combate ao crime. “Com a nova parceria, teremos a possibilidade de monitorar as áreas que antes não tínhamos acesso, alcançando agora praticamente toda a cidade. Quanto maior a cooperação entre as forças de segurança municipais, estaduais e federais, maior a eficiência do trabalho realizado”, comenta.

Luciano Fernandes, superintendente-executivo da Polícia Rodoviária Federal, explica como funcionará o monitoramento de veículos através do sistema de vídeo. “O principal foco do patrulhamento é identificar e recuperar veículos que são produtos de roubo ou furto: essa é a parte mais simples, pois só precisamos do número da placa. Existem também padrões de atitudes suspeitas que se pode perceber, para então realizar a averiguação. Por exemplo, um veículo que não está registrado como roubado, mas que aparece em cenas onde houve roubo a residências ou empresas pode ter envolvimento com os crimes”, comenta.

Inicialmente, o contrato terá duração de 60 meses, com possibilidade de renovação

Foto: Reprodução/ Internet


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-ira-aumentar-o-monitoramento-em-rodovias/
Desenvolvido por CIJUN