Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí mantém programação de vacina mesmo com caso confirmado

SIMONE DE OLIVEIRA | 01/08/2019 | 05:00

Após a confirmação do primeiro caso de sarampo em Jundiaí, a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), por meio da Vigilância Epidemiológico (VE), continua mantendo a programação de vacinação contra o sarampo, conforme preconiza a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Ministério da Saúde (MS). Outros 13 casos suspeitos ainda aguardam resultado.

As doses são oferecidas de segunda a sexta-feira, nas Unidades Básicas de Saúde, Novas UBSs e Clínica da Família para pessoas nascidas a partir de 1960, com a necessidade de registro em carteira vacinal de duas doses para pessoas até 29 anos, e uma dose para pessoas com 30 anos ou mais.

Para saber se há necessidade de imunização, basta comparecer a uma unidade de saúde com a carteira de vacinação para a verificação. Caso não possua o documento, é importante comparecer para a imunização, conforme explica a enfermeira da VE, Maria do Carmo Possidente.

Como o município não está em campanha de vacinação específica para o sarampo para idades acima de um ano, justamente porque aderem a essa modalidade de ação os municípios com elevado número de casos, conforme orientação da Secretaria de Estado da Saúde, não é possível determinar o quantitativo de pessoas que já tenham se imunizado ou meta para a imunizar. A cidade conta com 100% de imunização de crianças contra a doença (Tríplice Viral).

A unidade informa que semanalmente irá disponibilizar o Boletim Epidemiológico sobre sarampo para que a população tenha acesso à situação epidemiológica da cidade e as orientações para os públicos determinados para a vacinação.

De acordo com a gerente da VE, Cinara Fredo, infelizmente, os adultos não se preocuparam com a vacina e isso pode ter contribuído para a volta da doença no Estado de São Paulo. As 13 pessoas com casos suspeitos da doença se enquadram em várias faixas etárias, não havendo um perfil ou público com maior incidência.

NA CAPITAL
O número de casos confirmados de sarampo subiu para 633 no estado de São Paulo, segundo novo balanço divulgado na última terça-feira (30) pela Secretaria Estadual de Saúde. O último levantamento divulgado no dia 19 de julho apontava 484 casos, o que representa crescimento de 30% em 11 dias. A maioria dos registros está na capital: são 484 casos, ou 76% do total de 633.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-mantem-programacao-de-vacina-mesmo-com-caso-confirmado/
Desenvolvido por CIJUN