Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí mira terminar entre as 10 melhores nos Jogos Abertos

Thiago Batista | 13/11/2019 | 05:05

Começa nesta quarta-feira (13) as disputas nos Jogos Abertos do Interior, em Marília. Oito modalidades de Jundiaí estarão em ação logo no primeiro dia. A delegação é composta por 399 atletas, além de 65 componentes de comissão técnica e 40 trabalhando no apoio. A expectativa da cidade é terminar entre as dez melhores na classificação geral.

“Vamos buscar a permanência no top-10. É uma competição extremamente difícil e os Jogos Abertos têm bastante valor. A gente está dando oportunidade ao nosso esporte de base. A meta é buscar o máximo de cada atleta”, conta Rita Orsi, diretora do Departamento de Esporte de Formação e Rendimento de Jundiaí.

A delegação vai participar de 33 modalidades. Mas o inchaço cada vez maior do evento, está complicando a estrutura das cidades. Tanto que, pela primeira vez na história, a delegação de Jundiaí precisou ficar dividida em duas escolas (Emef Olímpio Cruz e EE Isaltino de Campos).

“Não é só a delegação de Jundiaí que está dividida em duas escolas. Os Jogos estão extremamente inchados. Estamos pedindo uma reunião com a Secretaria Estadual para ter eventos diferenciados para algumas modalidades, e assim melhorar o nível dos Jogos Abertos”, comenta Orsi.

Para diminuir o problema estrutural com a delegação, a coordenação de Jundiaí montou dois alojamentos quase iguais. “A ideia foi minimizar o desconforto das equipes que ficarão na escola 2. Para isso, elaboramos uma estrutura dupla. Somente a alimentação ficou na escola 1, onde os atletas terão que se deslocar nos horários determinados”, explica Rita Orsi.

Programação

Jundiaí faz três estreias nos esportes coletivos. Às 11 horas, o handebol masculino enfrenta Bebedouro. Duas horas depois, o basquete feminino encara Araçatuba. O handebol feminino joga contra Ribeirão Pires, às 15h30. O dia marca também as disputas no atletismo paralímpico (masculino e feminino), boxe masculino, capoeira (masculino e feminino), xadrez feminino e ginástica rítmica feminina.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/jundiai-mira-terminar-entre-as-10-melhores-nos-jogos-abertos/
Desenvolvido por CIJUN